Nota rápida: Filme French Immersion

Pessoal,

Seguindo a recomendação de um dos blogs que acompanho (desculpa ao autor mas não me lembro qual – quando eu achar o post deixo o link aqui) assisti ao super bem humorado french immersion.

Como “peguei” o filme via internet, la Poussin Mère et moi assistimos mesmo sem legendas. Algumas partes em inglês traduzi para ela e testamos nosso francês, que sinto dizer, ainda é bem fraquinho.

O filme é super engraçado e a maior parte dos diálogos podem ser entendidos mesmo para débutants en français. Vale realmente a pena ver. Alguns dialógos em “quebecoise” são realmente difíceis de serem compreendidos (tem um personagem que eu não conseguia entender bulhufas), mas no geral, podemos compreender muita coisa mesmo.

Ótima união de aprendizado e diversão. Filme recomendado.

Boa sorte a todos e tenham uma ótima semana !!!

Anúncios

5 respostas em “Nota rápida: Filme French Immersion

  1. Oi, gente! Eu acho que vocês pegaram a dica no blog da Québecleza… Eu também peguei e assisti esse filme ontem!! Adorei, ri muito, fazia tempo que eu não ria tanto de um filme… E o mais legal era entender todas as piadas internas – pois esse filme é para insiders, eles fazem altas referências à cultura québécoise e canadense. É simplesmente hilário!

    E eu aposto que o personagem initeligível para vocês era o Padre, não era?! Nós também não entendemos patavinas e olha que até o Têtes à Claques eu já tou conseguindo entender… Aquele ator que faz o padre se chama Sylvain Gilbert, ele é um comediante bem famoso e nós já vimos outros filmes/seriados com ele e é simplesmente impossível entender o que aquele cara fala… Hahaha… Acho que é porque ele faz o estilho “palhação”, daí a dicção muda, né? Tenho certeza que compreender Sylvain Gilbert vai ser um novo patamar na minha vida de estudante de francês.. Hehehe…

    Beijos,
    Lidia.

    • Oi Lídia !!! Na mosca. O padre é impossível de ser compreendido. Se eu tivesse visto um filme aleatório sem conhecer, talvez nem diria que é francês (kkk).

      Apesar que o Têtes à Claques eu também achei muito difícil de entender. Muito mesmo. Meio que desisti de tentar assistir por enquanto.

      É possível que eu tenha visto a referência do filme mesmo no Québecleza. Procurei o link agora mas não achei. São todos blogs que a gente acaba acompanhando que fica difícil de lembrar onde está cada informação.

      Beijos e ótima semana !

      • Opa falaram de mim? =P

        Bom, eu realmente postei sobre o filme recentemente e sugeri o Tête a Claques que vi em outro blog. Mas nesse mundo ‘internético’ da imigração as informações se espalham rápido.

        Achei o filme compreensível no todo, mas infelizmente não posso dizer que entendi 100%

        Já o Tête a claques é realmente muito muito difícil! Mas com um pouco de sorte tenho entendido bem alguns poucos episódios.
        Mas um dia a gente chega lá!

        Ela

    • Como “Ela” disse, o filme é bem tranquilo, nada de super produção.

      Mas tem várias piadinhas internas e é muito bem humorado. Eu achei legal. Fora que a experiência de estar entendendo eles conversando em français quebecoise da uma boa diferença na experiência de apreciação do filme. Com exceção do padre, que é impossível de entender.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s