Inspiração para o Momento

Depois de tantos sustos, nos inspirar faz bem.

Não sei se alguém conhece o texto, mas aqui vai:

Pessoas com vidas interessantes não tem fricote. Elas trocam de cidade. Investem em projetos sem garantia. Interessam-se por gente que é o oposto delas. Pedem demissão sem ter outro emprego em vista. Aceitam um convite para fazer o que nunca fizeram. Estão dispostas a mudar de cor preferida, de prato predileto. Começam do zero inúmeras vezes. Não se assustam com a passagem do tempo. Sobem no palco, tosam o cabelo, fazem loucuras por amor, compram passagens só de ida.

Autoria de Martha Medeiros.

Não sei o motivo, mas descreve exatamente a aventura de imigrar Vocês não acham ?

Anúncios

4 respostas em “Inspiração para o Momento

  1. Caros,

    Tenho acompanhado o Blog de vocês e confesso que me identifico muito com Les Poussins. Apesar de sermos do Interior do PR, vivemos em uma cidade relativamente grande, 500 mil habitantes (nada comparado com SP é claro) que “ainda” tem algumas vantagens de cidades pequenas. Me identifico pois a cada Jornal que assistimos ou a cada conhecido que comenta uma barbaridade que ocorreu ou, como você comentou no post anterior, a cada experiência que passamos, nos dá vontade de ir embora. Não consigo tolerar mais violência e corrupção.
    Ainda não dei entrada no processo e penso todos os dias se é a coisa certa. Sou casado e tenho 2 filhos (filha 9 e filho 4 anos) e fico imaginando como será nossa vida no Quebec daqui alguns anos. Tenho um cunhado que mora com a esposa em Montreal a 4 anos e neste momento está aqui no Brasil passando as férias. Vejo ele brincando com meus filhos (principalmente minha filha que ele conviveu mais), comemos algo como torresminho, jogamos bola com um grupo de amigos de infância ou vamos a algum restaurante típico de comida mineira por exemplo. Ele se lambuza. Diz que sente falta dessas coisas… aí perguntamos pra ele… “não pensa em voltar?” e a resposta… NEM PENSAR!!! Sente falta de muitas coisas… comida, amigos, família, os pais também estão envelhecendo, etc… mas a qualidade de vida que eles tem lá é impagável. Como comentei no início, ainda não dei entrada e estou me preparando (principalmente financeiramente) para fazê-lo. Me cobro diariamente que não posso desistir da ideia pensando no que vou perder aqui e ler seu blog me traz força. Não desistam… torço por vocês!!! Não sei se sou a pessoa sem fricote e corajosa do texto postado, mas quero ser!!! Hoje vocês são minha principal inspiração para continuar com o processo longo e desgastante de Imigração. Não os conheço mas é como se conhecesse pois nossos sentimentos são parecidos e hoje Les Poussins estão em minhas orações!!!

    Um abraço e espero um dia conhece-los em Quebec.

    Vinicius

    • Vinicius, muito obrigado.

      Seu texto foi emocionante e ficamos agradecidos por poder tocar em alguém um pouco além das palavras. Ser inspiração é mais do que poderíamos esperar e é uma honra.

      Nossa inspiração também partiu da leitura de blogs e de relatos dos imigrantes. Também não sabemos se somos suficientemente sem fricotes para conseguir atravessar tudo isso, mas seguimos com coragem.

      Pensamos o tempo todos sobre essa questão de família. Então voltamos a ler os relatos dos imigrantes. Sabe, temos um vida “relativamente confortável” aqui mas temos a certeza que abrir mão de tudo isso por nossos filhos e por uma vida melhor, mais civilizada, é a escolha certa.

      De todos os blogs que li , todos os relatos são de pessoas que não pretendem voltar. Algumas vezes encontrei pessoas que retornaram dando sua visão da imigração. Mas garanto que pelo que li, são pessoas que imigraram sem estar preparadas, sem querer mudar e sem força de vontade.

      Não desista da sua idéia e se possível, dê entrada o mais rápido possível. Sabemos que as regras mudam sempre. Não perca a oportunidade caso se qualifique agora.

      Agradecemos por sua torcida e saiba que apesar de não nos conhecermos, também torcemos por vocês. Porque para mim, a imigração começa a se tornar muito mais que uma mudança de país. A imigração é um ideal de acharmos pessoas parecidas conosco, honestas e que querem uma vida melhor. E tenho certeza por tudo que você escreveu que vocês também são assim. Me sinto parte deste grande grupo e espero que você também possa se sentir da mesma maneira.

      Com certeza nos encontraremos no Québec ! Com ou sem neve !

      Abraços !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s