Viagem, landing e 1° dia

Bom pessoal, primeiro dia em Montreal.

Saímos do aeroporto de Guarulhos, um pouco depois do meio dia. Fomos de Copa Airlines, escala no Panama. Voo tranquilo, bom atendimento, ficou no horário. Encontramos o casal Ca e Ca no aeroporto de depois no embarque.

Chegamos no Panama, nem tivemos tempo para nada, já estavam chamando para embarque. Subimos e tivemos a primeira “decepção”. O avião era bem mais antigo e não tinha TV’s nos assentos. Ficamos uns 45 minutos dentro do avião, esperando … No site da Copa minha refeição estava como “Kosher”, então recebi um prato diferente de todos do avião. Estava boa. Tinha aquelas TV’s coletivas e passou um filme. Depois desligaram tudo. Tudo bem, afinal, era um voo noturno.

Chegamos em Montreal no tempo previsto. Desembarcamos, chegamos na imigração e o agente viu nossos vistos. Pediu que pegássemos as malas e que seríamos encaminhados para o landing.

Então tivemos outra surpresa desagradável: todo mundo foi saindo, saindo, saindo e … Uma das nossas malas sumiu. É, fomos premiados. Junto do funcionário da Copa fizemos todo o tramite da reclamação, pegamos a folha. Teremos que aguardar até sexta pois a Copa só tem outro voo para cá na sexta. Então veremos.

Passados um bom tempo na reclamação da bagagem, fomos para o landing. Pegamos uma agente super simpática, foi muito legal. Fez as perguntas básicas de endereço, quantia que levávamos, se ia chegar bens depois. Super simpática, ganhamos um Welcome to Canada e um Benvenue ao Canada, em ambas a linguas. E mais um monte de outras palavras simpáticas, nos desejando boa sorte. E é claro, todos os livretos e recomendações que temos que fazer.

Saimos e encontramos o Jetro, que peguei por indicação no facebook, na comunidade de brasileiros em Montreal. Ele nos trouxe até a casa, foi bem bacana.

A casa é legal, tem seus probleminhas, mas o host é super simpático. Ele foi viajar, então deixou a chave debaixo do tapete. Deixou também um mapa da cidade e cada comodo tinha um desenho dos filhos dele para os meus, dizendo bienvenue ! Deixou pizza e cerveja na geladeira 🙂

Hoje tiramos o dia de folga. Levantamos 10h, demos uma volta, fomos almoçar em um restaurante (acho que libanes). Depois descobrimor um parque na rua de trás e passamos a tarde lá com as crianças.

Na volta, outra pequena surpresa: durante o banho do meu filho, parte do gesso do banheiro caiu devido a uma infiltração. Já avisei o proprietário, mas nada demais, só o susto e o trabalho da limpeza.

Dá realmente um medo e receio de chegar. Fico com foco que está proibido ficar dentro de casa. Mas as coisas estão fluindo, principalmente pelo meio maior medo que era a comunicação. O ingles resolve os problemas quando o frances não dá conta 😀

Não consegui usar o cartão de débito do HSBC canada. Deu pin invalido. Verei isso amanhã apos pegar o NAS.

Amanhã será o dia de pegar documentos, então vamos conhecer outras áreas da cidade. Villeray não é exatamente como pensamos. O bairro tem partes bem bonitas e outras em revitalização. Mas também tem muito imigrante e vimos que desenvolver o frances em alguns pontos por aqui pode ser dificil, já que em muitos locais os proprios comerciantes não falam frances (ou falam como nós, com dificuldade). Mas veremos isso mais para frente.

Abração a todos ! Espero encontra-los em breve !

Anúncios

14 respostas em “Viagem, landing e 1° dia

  1. Parabéns pela chegada de vocês, com alguns percalços no caminho, mas é assim mesmo. Graças á Deus chegaram bem.
    Aproveitem um pouco a cidade enquanto resolvem as coisas, divirtam-se, explorem, essa parte será uma delicia com certeza.
    Beijos e sucesso pra vocês. 😉

  2. Nossa, que azar terem perdida uma das malas. Pelo menos, pense pelo lado positivo, foi apenas uma…. uma vez perderam TODAS as nossas bagagens num voo de conexão em Madrid. Ficámos dias sem saber de nada, até que nos ligaram que tinham localizado as malas e estavam encaminhando para o aeroporto de Lisboa… foi horrível.

    Pena que ainda tiveram mais uns contratempos, tenho a certeza que em breve tudo vai ficar melhor. Não desanimem!

    Um grande abraço e como se diz na minha terra “força nas canetas”!

    • Puxa Eduardo, que chato deve ter sido. Perdemos uma mala que nem tanto itens do nosso dia a dia e já foi desagradável, imagino sua situação lá.
      Ao menos, parece que eles escolheram a mala certa para perder: nossa roupas, alguns documentos e outras coisas importantes vieram. Digamos que a mala perdida não tinha muitos itens essenciais, apesar de terem sido escolhidos para vir conosco ao Canada.
      Obrigado pela força !
      Seguimos animados, tensos pela grande mudança mas felizes por estarmos aqui.

      Abração !

  3. Parabens pelo landing! Sobre o cartão de débito, foi o mesmo que aconteceu comigo. Fui na agencia e fiz o “reset” da senha e a partir dai tudo funcionou.
    Agora estamos no estresse de conseguir o aluguel temporário. Ta dificil de conciliar um lugar bom, e um prazo razoavel, por conta da epoca que estamos indo, no outuno. A maioria só quer fechar até o inicio da primavera. E fica puxado contratar algo por tanto tempo, com preço alto, e com orçamento bem limitado.
    Abraços!

    • Valeu pela dica do cartão Arnaldo. Vou passar na agencia hoje e ver se consigo resolver isso.
      Esse negócio do aluguel é dificil mesmo. Andamos bastante pelo bairro ontem e poucos imoveis estão com placa. Para o temporario, tenta pelo airbnb. Acabamos conseguindo 2 meses extras por um preço muito bom, pelo menos temos tranquilidade de achar um local fixo com calma.
      Ai, o orçamento sempre preocupa kkkk
      Abração !

  4. Salut!
    Me chamo Fred, tenho 32anos, estou bem no inicio do processo, na verdade no inicio mesmo…estudando o francês! Pretendo dar o segundo passo no final deste ano, quando passarei pelo “TSF POUR LE QUÉBEC”. Tentarei o CSQ para profissional qualificado, sou enfermeiro , e coloquei como projeto de vida este processo. Acabo de ler o blog de vocês e fiquei mais ainda empolgado, muito bom ver que pessoas estão conseguindo chegar ai…Sabido que os desafios e medos são gigantescos, por isso, gostaria de solicita-los mais dicas ou até mesmo alguma mensagem sobre todo este universo. Deixo meus parabéns pela nova vida de vocês, muito sucesso e que tudo continue dando certo para vocês… DEUS abençoe.

    • Salut Fred ! Obrigado pela visita ao blog. O caminho que voce está trilhando é esse mesmo. O que posso te dizer sobre esse universo é que ele vale a pena. A sensação de ter conseguido e poder estar tranquilo aqui é indiscritível. Claro que eu não sei como será o amanhã, mas pode ter certeza que estamos curtindo o “agora”.
      A dica é a mesma dos guias: força no frances, esse será seu diferencial dos milhares de imigrantes que vemos por aqui. E tenha paciencia. O processo é realmente demorado, mas eles prometem que vai melhorar. Não desanime com a demora e a burocracia do processo provincial. Tem muita gente aqui e dá para entender porque o processo é moroso.
      Enquanto está no processo, curta a família e os amigos. Será isso que vai fazer falta nestes primeiros momentos. Estamos conversando com todos no skype e isso ajuda muito, parece que nem estamos tão longe.
      Quanto ao processo em si, leia muito os documentos do governo. Tente seguir a risca as orientações de cada formulário. Fazendo isso seu processo será mais rápido e tranquilo.
      E é claro, comece a juntar as reservas financeiras. Sem trabalhar e gastando em dolar, o dinheiro vai rápido e isso incomoda um pouco o bem estar. Ter uma backup financeiro dá muito tranquilidade nos primeiros dias.
      Espero que voce tenha sucesso e se tiver qualquer dúvida, pode me enviar.
      Abração e boa sorte ! Paciencia e vontade !

    • Opa William ! Obrigado.

      Montreal é realmente multicultural. Não tenho dúvidas disso. A cada esquina que passamos, tem alguém falando uma língua diferente. Parece que tem imigrante de todos os lugares do mundo e a maioria das pessoas se esforça para se comunicar de forma mais fácil conosco.

      A cidade é muito bonita. Alguns bairros tem mais papel no chão, mais do que eu esperava. Mas isso era só minha expectativa não realista. Fora isso, ela é como o google maps e cada quartier tem suas características próprias, é muito legal.

      Posso dizer que Montreal é uma parada obrigatoria para todos os imigrantes. Conhecer uma cidade multinacional dessa é uma força que recebemos para seguir em frente. Tantas pessoas com projetos iguais, buscando uma vida melhor, é emocionante e curioso.

      Abração !

  5. Que legal, família Poussin!! Exceto pela mala, claro (já conseguiram reaver?). Legal você comentar sobre o bairro, pois do lado de cá a gente imagina isso e aquilo, vê fotos no Google, mas nada como ter um relato equilibrado de quem está vendo ao vivo hehehe.

    Boa sorte!

    • Doug, liguei na Copa hoje e a mala chegou !!! Ficaram de entregar hoje a partir das 14h até as 17h. Vamos ver se chega 😀
      Essa diferença do google para a realidade é realmente importante, mas acho que precisamos mesmo avaliar o que é conceito da nossa cabeça e o que é verdadeiro em termos de viver aqui. Tudo é meio novidade e tendemos a comparar as coisas com o Brasil (tipo viver em condomínio fechado onde todos tem o mesmo perfil familiar e financeiro).
      De qualquer forma ver ao vivo é 10 kkkkk …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s