Novo emprego !!! A escalada …

Bem colegas de imigração, nunca mudei tanto de emprego em tão pouco tempo. É meio bizarro.

Meu primeiro emprego no Canada foi trabalhando em uma cidade mais distante, lavando equipamentos de uma indústria de frangos. Contratado pela fábrica, trabalho sindicalizado, quart de nuit (10h à 7h). Salário um pouco maior que o mínimo, transporte pela própria empresa (saindo da estação de metro). Consegui o trabalho por uma agencia. Fiquei um mes trabalhando lá, até conseguir meu segundo emprego.

Meu segundo emprego foi em uma fábrica de bebidas. Comecei trabalhando nas linhas de produção, colocando as garrafas da linha em caixas, ajudando a montar os pallets e abastecendo as linhas com garrafas. Trabalhei como terceirizado com uma promessa da agencia que apos 6 meses seria contratado (salário maior e benefícios). Descobri que na realidade, muita gente tinha mais de 6 meses e pouca expectativa de ser contratado. Aparentemente a chamada do salário maior apos 6 meses era para captar mais gente. Mas o trabalho era tranquilo, a noite (15h até 23h15). Salário um pouco maior que o minimo, ambiente mais tranquilo, mas que exigiu um pouco mais de resistencia e força física. Estava há 2 meses aqui.

Nessa sexta pedi demissão pois consegui encontrar meu terceiro trabalho. Finalmente em meu domínio, uma vaga mais simples em laboratório ! Um alivio poder retornar a um local que conheço e dominio. Salário maior, beneficios e um ambiente com vários equipamentos legais que tenho certeza que será divertido de trabalhar. Começo segunda e espero ficar nesse bastante tempo, ou quem sabe, até encontrar “o” emprego definitivo.

Curiosamente, fui muito saudado pelos colegas de trabalho por ter conseguido tal emprego. Não sei se ficaram felizes por eu ter saído e a disputa interna diminuido ou se realmente ficaram felizes com minha evolução profissional. Prefiro acreditar na segunda opção.

Algumas lições ficaram sobre as relações de trabalho, como as empresas funcionam (uma muito diferente da outra) e como tudo aqui pode ser extremamente organizado ao caos total. Esse trabalho novo não foi por agencia, mas diretamente com a empresa. Um passo claro de melhoria de perfil do meu CV, talvez, e principalmente reflexo da minha inscrição na Ordem dos Quimicos. Esse com certeza foi meu diferencial na disputa pela vaga (além da experiencia de 10 anos em laboratório, é claro).

Apesar de me sentir estranho por mudar tanto de trabalho (afinal, temos a cultura de trabalhar por anos no mesmo lugar – talvez coisa da minha geração), aqui os quebécos realmente me deram parabéns e acham isso tudo super normal (trocar de emprego a todo tempo). Alias, o turn-over das empresas é assustadoramente grande, nunca havia visto algo assim. Por semana, ao menos 2 pessoas novas começam o trabalho, enquanto outras tantas se demitem. Boa parte das pessoas que chegam são imigrantes.

No meu primeiro emprego 99% das pessoas eram imigrantes. No segundo, posso dizer que uns 70% são imigrantes. Nessa terceira, aparentemente quase todo mundo também é imigrante. Escutei alguns comentários negativos de quebécos sobre imigrantes roubando vagas de quem quer trabalhar e que a causa da baixa dos salários é que os imigrantes aceitam qualquer coisa. Mas ao mesmo tempo, os mesmos que escutei criticar esse sistema estavam impressionado pelo fato de eu ser tão qualificado e não conseguir emprego na minha área, chegando a mostrar estarem realmente abismados com a situação. Entendi que talvez eles critiquem muito os imigrantes não qualificados que chegam para qualquer coisa e distorcem o mercado de trabalho, mas não sou especialista nisso e não sei dizer o quanto disso é verdade ou não.

Bem, queria compartilhar a todos essa novidade e seguimos em frente, cada dia melhorando um pouco mais. Espero que eu possa ficar mais tempo agora nesse trabalho e sossegar um pouco, essas mudanças são de certa forma desagradáveis e acabei perdendo alguns bons colegas, mas sei que foi por um bom motivo 🙂

Estou mais aliviado e sei que o futuro nos reserva boas coisas !!!

Anúncios

30 respostas em “Novo emprego !!! A escalada …

  1. Esse turn-over de empregos acontece mais facilmente aí, pois a burocracia envolvida em demitir/empregar é muito menor que no Brasil. Os custos de empregado é menor e há menos política protegendo-o absurdamente. Não há aviso prévio longo, indenização, multa, homologação etc. Quer sair? Saia, avise por 2 semanas ou até não avise se não quiser, saia e comece de novo. Isso é ótimo, pois cria um ambiente melhor para ser mais atrativo aos que procuram vagas frente à outras empresas.

    • Essa facilidade de mudar de emprego é novidade mesmo e algo que não estamos acostumados. Mas isso por outro lado também causa a indiferença dos empregadores que sabem que conseguem mão de obra barata a qualquer momento.
      De qualquer maneira, é um grande passo para nós e estamos contentes ! As coisas melhoram a cada dia 🙂
      Abraços !

  2. Que ótimo que já começou algo em sua área. Isso nos deixa um pouco mais confortáveis, não?
    Fico feliz também em ver que você conseguiu algum emprego em tão pouco tempo, o que é nossa intenção também. Não precisar gastar as reservas logo de cara é ótimo e um emprego já nos dá mais segurança e aplaca a ansiedade.

    Boa sorte no novo emprego !!!

    • Obrigado ! Realmente começar em um novo trabalho na minha área é algo motivador. Não queríamos gastar todas as economias, mas também não queria ficar trabalhando muito tempo f”em busca de algo melhor”. Um grande passo para nós, aos poucos as coisas estão se resolvendo.
      Abração e boa viagem ao Terry, que deve chegar por aqui logo, não ? 🙂

  3. Eh fascinante acompanhar o passo-a-passo de voces! acompanhando desde que vcs estavam no Brasil e eh como um livro de experiencias ao vivo! obviamente torna-se muito mais interessante tendo muitos na mesma situacao… consequentemente, a torcida vai crescendo. Fiquei muito feliz em ler o progresso totalmente estimulador! wow!
    Enfim! aproveito para fazer 3 perguntas:
    1- voces escolheram o plano da TIC – e depois de bastante pesquisa, de fato eh a melhor em custo/beneficio. Tiveram algum experiencia?
    2- Plano de celular: Tambem pesquisei muitooo! E eh claro que dependendo de suas prioridades, vai interferir na decisao. Mas eu sou do tipo que nao quero me estressar muito com uma conta muito alta. Por isso acho que pagar um plano para ter nacional ilimitado (dia/noite) eh o minimo. A menos pior foi a Koodo. E voces usaram o que? palpite??
    3- Airbnb tambem eh a melhor e mais em conta!!! nao estou apenas copiando! eh verdade!! 🙂
    Voces ficaram felizes com a escolha? no meu caso seria apenas para mim e meu marido… palpites muito bem vindos! Obrigada desde jaaa!!!

    Paula

    • Obrigado Paula !! É bom saber que além de estarmos documentando nossa história, estamos ajudando outros no caminho.

      Quanto as suas perguntas:
      1 – Realmente o melhor custo benefício. O atendimento foi legal, chegamos aqui e já tinha um pacotinho deles com os documentos e cartões no endereço que deixamos. Mas não usamos, então nesse quesito não posso te dizer se é bom …
      2 – Pegamos o plano da Fido. Iphone grátis, 49 dolares por mes (com taxes fica 54$), recebe e faz ligações ilimitados por todo Quebec, envia e recebe mensagens de texto ilimitadas (inclusive internacionais) e tem uma franquia de 1GB de dados, que foi muito util nos primeiros dias pesquisando caminhos e dicas pela internet. Até agora, uma boa cobertura de sinal.
      3 – Ficamos felizes com o Airbnb. A casa era muito grande e o proprietario muito simpático (chegamos de madrugada, ele havia deixado a chave debaixo do tapete, uma pizza congelada no freezer e um pack de cervejas – além dos desenhos de boas vindas das crianças e um mapa de Montreal e do metro). Valeu muito a pena para os primeiros meses enquanto ainda tentavamos entender as coisas. Para casal, tem muita gente que aluga aqueles studios, ja vi muito elogio, fica em uma area mais central, mas depende muito de casa pessoa.
      Abração e até logo (eu espero kkk) !!!!

  4. Boa noite amigo
    Fico feliz de tudo estar dando certo e tenho certeza que a cada dia tudo melhorara!!
    Um abraçao
    ANDRADE

  5. PARABÉÉÉÉÉÉÉNSSS!!!! Nossa, meu caro, feliz mesmo por você!!!! Como já falaram acima, arrumar emprego alivia a pressão, e arrumar emprego na área é quase um nirvana!! Espero de verdade que você curta o emprego novo e que possa ficar em paz nesse quesito!

    Grande abraço!!

  6. Olá,
    Fiquei muito feliz com a notícia. O começo é sempre tenso mas a tendência é que as coisas melhorem.
    Nós chegamos em Montréal a pouco mais de um mês e estamos na correria pra se estabelecer por aqui.
    Quando puder, se for tranquilo pra você, me passe teu celular daqui de Montréal pois acho que você pode me dar umas boas dicas.
    Estamos em áreas parecidas pois trabalho com a química analítica em indústria farmacêutica.

    Um grande abraço!

    Elder

  7. Poussin-pére, quando estive explorando Montréal vi muitos quebecois que simplesmente preferiam não trabalhar e viver de aide-chômage do governo. Os jovens, principalmente. Muitos até ficam tentando ganhar seu vale-depanneur (la biére) como artistas de rua sem muita competência para tal. Por isso, muito me impressiona como reclamam dos imigrantes… Tem gente que não tem emprego porque não quer…

  8. Puxa, que legal!!! Estamos super felizes com a notícia! Não é fácil, mas precisamos nos manter positivos. Com certeza o futuro reserva ótimas surpresas!

    Um abraço!
    Femme

  9. Acho muito bizarro uma pessoa sair de um país em busca de uma vida melhor e ir “lavar coisas” em outro país. Pretendo migrar para o Canada mas como mão de obra qualificada, como engenheiro reconhecido e recebendo como tal (piso é claro), mas jamais sairia daqui para lavar maquina de frangos por dinheiro nenhum do mundo.

    • Ok.

      Se voce pretende vir ao Canada, recomendo que voce planeje bem sua vinda e leia outros blogs pois com essa atitude de “jamais”, te garanto que voce terá alguns obstáculos extras a vencer.

      Desejo boa sorte no seu projeto de imigração.

      • Trabalho braçal não quer dizer falta de dignidade. O mais interessante é que o post relata exatamente uma atividade simples servindo como trampolim para melhores oportunidades. Só não vê quem não quer. Parabéns pela decisão tomada e fiquei feliz por sua conquista!

    • Quero ver você chegar em qualquer país e chegar “de boa” como “engenheiro reconhecido”… Para ser “reconhecido”, tem que passar pela ordem, fazer exames e por vezes voltar ao banco de escola… e pode ser que nunca seja reconhecido, sem ter que refazer todo o ensino universitário…! Pense nisso…

      Enquanto isso alguns de nós têm que trabalhar. Não vejo vergonha nenhuma trabalhar em qualquer ramo que seja, desde que se receba um salário digno e tratamento adequado por parte do empregador..

      No Brasil é que existe toda essa diferença entre profissões e “esnobismo”.. Fora do Brasil as pessoas de diferentes classes profissionais e de riqueza convivem umas com as outras de forma natural. Conhecia um lixeiro (isso mesmo, daqueles que andam em caminhão de lixo), que o seu carro pessoal era BMW e tinha um bom apartamento… coisa impensável no Brasil… ah, e ele estava perfeitamente contente com sua profissão e não pensava fazer outra coisa..

      Se não tem nada de útil a acrescentar, é melhor nem comentar…

      • Até pensei em tentar explicar a ele que os trabalhos são igualmente valorizados aqui e que engenheiro tem o mesmo valor que um lavador de pratos. Mas talvez seja um conceito muito avante do pensamento imediato do brasileiro. Por isso, meu conselho foi que ele leia e releia outros blogs pois aparentemente o Canada será uma decepção profissional para ele nos primeiros anos.
        Apesar que pela forma de escrever e pelo texto, não acredito que seja uma pessoa que vai levar esse projeto para frente.

  10. Realmente vai de cada um – Sai do Brasil e estou morando em Dubai por 7 anos. Realmente o lugar eh o paraiso, tenho uma vida ma-ra-vi-lho-sa! Salario exelente.. etc. Como em todos os lugares, tudo tem o positivo e o negativo, mas eh vc quem define suas prioridades… Antes de dar este passo tive que ler MUITO para entender a realidade do mercado de trabalho no Canada (especialmente em Quebec!!!) A realidade eh bem diferente na qual muitas pessoas pensam. Eh preciso entender a realidade antes de tomar qualquer passo (ou tentar desanimar os outros!!!) Ate o entrevistador no dia de receber nosso CSQ perguntou se sabiamos das diferencas entre Dubai e Quebec. Quem nao quer uma vida confortavel, com seguranca e qualidade de vida??? Se quero lavar pratos???? Nao ne!!!!!! c’est bizarre???? Tambem nao!!!!! Agora veja! Nao se compra experiencia de ninguem e por isso estou pronta pra lavar pratos se for preciso…. desistir NUNCA!

    #prontofalei#

    • É por aí Paula.
      Acho que é mesmo um mal de educação. Achar que uma profissão é mais importante que outra é justamente o que define a desigualdade social e o preconceito que temos no Brasil, além das outras mazelas como currupção e afins.
      Bem, não dá muito para discutir pois são conceitos das pessoas e talvez elas só consigam aprender e vivenciar novos modos de vida na prática.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s