Missão de Recrutamento para trabalhar em Québec 2014 !

Pessoal, a Maria do “Québec na Cabeça” me alertou sobre a abertura da missão 2014.

Para quem tem perfil das vagas, pode ser uma ótima opção para adiantar a ida ao Québec e de quebra ter um emprego !

Quem tiver interesse, dá uma lida na página http://www.quebecnacabeca.com/missaovirtual2014/

Anúncios

1 semana de Canada !!!

Completamos nossa primeira semana aqui. Hoje foi um dia diferente, encontramos alguns brasileiros no Acajou para assistir ao jogo do Brasil. Fomos convidados pela Rejane, uma brasileira que mora aqui em Montréal e auxilia novos imigrantes no translado do aeroporto ou para achar uma casa temporária.

Durante essa semana, conhecemos e vimos muitas coisas. Fomos até a universidade McGill para visitar o museu (meu filho pode finalmente ver um esqueleto de dinossauro de verdade).

014

Conseguimos obter o NAS (muito fácil) e demos entrada no Assurance Maladie, que precisou mais uma visita a Règie (porque nosso bail estava com um erro).

Consegui fazer o cartão do HSBC funcionar. Nos caixas eletronicos ele funcionava, não funcionava para débito. Bastou ir no banco, reinicializar a senha e alterar no caixa. Agora ele está funcionando. Em compensação, não consegui incluir o NAS na conta porque precisava marcar um rendezvous, mas para isso eu precisava de um telefone (que ainda não tínhamos). Precisarei voltar lá.

Por outro lado, abrimos a conta no RBC para a poussin-Mère e foi muito fácil. Saímos de lá com um cartão temporário enquanto o outro não chega. Ela conseguiu um cartão de crédito com um bom limite, mesmo sem histórico. O atendimento foi muito bom.

Conhecemos o Biodome, muito bacana, pagando a entrada com desconto para residentes do Quebéc. Mesmo assim, descobrimos que alguns locais são um pouco caros para se visitar quando pensamos em economizar.

023

Vimos pela primeira vez um pedestre ser multado ao atravessar fora da faixa. E nem foi no centro da cidade, foi aqui perto mesmo. Ele correu pela rua para pegar o onibus e escutamos um apito. Era uma guarda de bicicleta e pegou o camarada em flagrante. Não teve jeito. O interessante é que o onibus continuou parado, talvez esperando por ele. Não conferi porque fomos embora.

Nesta semana também inscrevemos nossa pequena na garderie. Fiquei preocupado e acabamos conversando com uma privé, muito bonitinha. 35 dolares por dia é bem pesado no orçamento, mas pedirei adiantamento o reelbolso do governo. Apesar do processo parecer simples e ser feito online, ainda terei que enviar alguns documentos pelo correio e possivelmente passarei em um centro para validar alguns deles.

Por outro lado, a ajuda do governo federal é um pouco mais complexa, apesar do valor ser bem menor. Não dá para fazer online porque nunca declaramos imposto antes aqui, então será tudo via correios. A ajuda de custo da provincía é mais fácil, mas também precisará de envios pelos correios dos documentos complementares.

Achamos um centro próximo para fazer a francisação, mas perdemos a data de inscrição que era 12/06. Teremos que esperar a próxima inscrição na semana que vem. Tudo isso porque resolvi esperar para dar entrada em tudo após o rendezvous com o MICC. O problema foi que nos deram um endereço do centro errado e quando chegamos lá, nos enviaram para outro local. Chegamos 22 minutos atrasados e não pudemos ter o rendezvous porque o máximo de atraso é 20 minutos, independente do problema ter sido causado por eles. Marcaram um novo rendezvous na próxima semana …

Achamos alguns supermercados, mas até agora consideramos que o custo de vida na região é caro. Talvez sejam os gastos em dolares quando o dinheiro oriundo é em reais.

Difícil está em arrumar um imóvel próximo ao nosso atual. Esse é temporário até o final de setembro, mas não tem nada no mesmo tamanho e qualidade próximos, é tudo pequeno e caro. Estou considerando realmente seguir o nosso plano original que é morar em Longueil, pela região de Monteregie. A ilha é legal, mas obtendo todos os documentos por aqui, não precisaremos mais ficar e podemos voltar ao Plano A que era morar em locais menores para poder nos integrarmos mais facilmente. A facilidade de adquirir um automóvel é muito simples, mesmo assim estamos aproveitando o transporte público e não sabemos como ele é nas regiões mais afastadas da ilha.

Por falar em transporte público, fizemos a carteirinha do meu filho para ele pagar metade do valor do transporte. Simples, a carteirinha saiu na hora (pagamos 6 dolares por ela). Fizemos as cartas Opus para todos nós (exceção da pequena que é isenta de cobrança) e compramos o passe para o mes todo.

Fiz um plano de celular na FIDO. Muito fácil, só trazer um cartão internacional do Brasil (o meu estava cancelado, mas nem falei nada, mostrei o plástico). O cara coloca no sistema e libera na hora. Comparando com o valor do Brasil, parece ser caro, mas ao menos as ligações são ilimitadas por todo o Canadá e posso acessar 1GB por mes sem me preocupar com cobranças. Fica a dica, telefone aqui é essencial. Parece que tudo que vamos fazer, pedem um número e é importante. E acabei pegando um Iphone 4s sem custo para o plano, que ficou 50 CAN por mes.

As crianças sentem saudades dos avos, mas resolvemos isso parcialmente conversando pelo skype. Dá para se ver e falar, então isso alivia para todos nós.

Veremos o que a próxima semana nos reserva. Ainda temos que ir na comissão escolar ver a situação do nosso grandão e tentar matricular ele no accueil.

Vou acabar comprando uma impressoa para fazer os documentos em casa. Fica mais fácil e me sentirei mais confortável. Vi impressoras da HP por 24 CAN, mas achei uma Epson wireless interessante na BestBuy por 70 CAN, acho que vou ficar com ela.

Tenho alguns recebimentos para cair no Brasil, ainda estou na expectativa que tudo corra bem. Além disso, vender nosso imóvel parece ser complicado nesse período de Copa. Tudo bem, tudo isso estava previsto.

Alguns momentos tenho medo e receio, enquanto em outros sinto a realizaçãode ter conseguido chegar até aqui. Sei que tudo isso faz parte do próprio processo de adaptação.

No geral, estamos muito felizes em estar aqui. As vezes penso se fizemos a coisa certa, mas a resposta é óbiva: fizemos sim.

A sensação de ficar sem trabalhar é o que deixa mais preocupado. Dinheiro saindo e nenhum entrando. Nunca pensei que diria isso, mas acho que preciso mesmo me ocupar e ficar tanto tempo sem trabalhar atrapalha. “Ser humano é gado”, kkk …

No aspecto de trabalho, nenhuma entrevista até agora. Tudo bem, é só uma semana. Agora com telefone conseguirei fazer contatos diretos e acho que isso pode facilitar.

O tempo que estava quente e ensolarado virou hoje para uma chuva e vento gelado. Nada que seja muito ruim, apenas molhado. Cheguei a escutar de brasileiros que é melhor tempo de neve do que essa chuvinha “molhada”.

Pois bem, essa é a nossa nova vida até agora. Tudo está bem, estamos bem. Muita coisa acontecendo, muitas transições. A vida é espetacular para ficar em uma redoma de segurança e rotina. Mas que dá medo sair dela, puxa, dá sim.

Abração a todos !!!

A mala extraviada chegou !

A Copa Airlines, como prometido, entregou a mala extraviada aqui em casa hoje !

Liguei para eles pela manhã e o atendente já sabia do caso, nem precisei explicar nada. Ele confirmou os dados da entrega (endereço) e disse que iria entregar depois das 14h, ainda hoje. Como não tenho telefone ainda (ele disse que avisaria quando fosse entregar), tive que ficar por aqui no período da tarde. Tudo bem, aproveitamos para organizar as malas e roupas e brincar com as crianças.

No final da tarde, a mala chegou. Tudo direitinho, aparentemente.

Amanhã tem vários programas em Montreal, difícil de saber o que fazer. Mas acho que queremos conhecer o Biodome, o Jardim Botanico, a Montreal’s Monkland Village (festa tradicional que ocorre junto ao GP do Canada de F1). No final de semana vamos passear 🙂

 

 

2° dia ! NAS e Assurance Maladie – Montreal multicultural

Foi um dia agitado. Fizemos o grande percurso de obtenção dos documentos.

Os processos aqui são bem fáceis. O atendimento do NAS foi muito rápido. Saimos com as 4 folhas com o NAS impresso (nosso e das crianças).

Fomos em um CLSC para ver informações da Carte Soleil (dica de um funcionário do Services Canada) que era bem pertinho, mas acho que ele não estava muito “a fim” e optamos por ir ao plano original de ir na Régie diretamente. Opção acertada, atendimento rápido (muitos imigrantes por lá) e demos entrada na Assurance Maladie. Um preenchimento errado feito pelo landlord do nosso bail acabou fazendo com que ele fosse rejeitado. Teremos que apresentar um novo em até 45 dias ou enviar por fax. Falarei com ele amanhã sobre isso.

Amanhã também é o dia que ligarei na Copa para ver se a bagagem chegou (ou se ela sumiu de vez). Iremos também ao HSBC da McGill conversar e levar o NAS.

Montreal é realmente impressionante. A cada esquina, escutamos diversas linguas diferentes. Tem todo tipo de imigrante e aparentemente a maioria das pessoas não se importa, todos são bem naturais (mas cada um na sua). Hoje conheci um portugues que mora no condo ao nosso lado.

Interessante que o pessoal acaba abrindo um sorriso quando sabe que somos brasileiros. Não sei se é por educação ou se eles realmente acham isso “Super”.

O sistema de metro e onibus é extremamente eficiente. Apesar de ter alguns horários de pico, não esperamos mais que 5 minutos pelo metro e pelo o onibus nessa jornada. Tudo inteiro, limpinho e tranquilo. Usamos uma carta l’occasionnelle que permite 1 dia de uso de metro ou onibus sem tarifa adicional por 10 CAN. Nossa pequena não paga por ter menos de 6 anos.

Conseguimos marcar também o rendez-vous no MICC. Bem fácil, por telefone mesmo.

Vamos combinar com o casal do Ca e Ca para assistir o jogo do Brasil dia 12 em algum lugar. Será divertido ve-los e termos esse momento brasileiro juntos 😀

Acho que meu teclado está aderindo a era multilinguistica. Alguns acentos pararam de funcionar, estou escrevendo sem tonicos kkkk …

Bom, por hora é isso. Todas as informações principais são dadas no landing, então por hora é só seguir as instruções e fazer o nosso planejamento sair do papel. Afinal, temos esse monte de lista to-do para seguir, não é ?

Abraços a todos !

047

 

Viagem, landing e 1° dia

Bom pessoal, primeiro dia em Montreal.

Saímos do aeroporto de Guarulhos, um pouco depois do meio dia. Fomos de Copa Airlines, escala no Panama. Voo tranquilo, bom atendimento, ficou no horário. Encontramos o casal Ca e Ca no aeroporto de depois no embarque.

Chegamos no Panama, nem tivemos tempo para nada, já estavam chamando para embarque. Subimos e tivemos a primeira “decepção”. O avião era bem mais antigo e não tinha TV’s nos assentos. Ficamos uns 45 minutos dentro do avião, esperando … No site da Copa minha refeição estava como “Kosher”, então recebi um prato diferente de todos do avião. Estava boa. Tinha aquelas TV’s coletivas e passou um filme. Depois desligaram tudo. Tudo bem, afinal, era um voo noturno.

Chegamos em Montreal no tempo previsto. Desembarcamos, chegamos na imigração e o agente viu nossos vistos. Pediu que pegássemos as malas e que seríamos encaminhados para o landing.

Então tivemos outra surpresa desagradável: todo mundo foi saindo, saindo, saindo e … Uma das nossas malas sumiu. É, fomos premiados. Junto do funcionário da Copa fizemos todo o tramite da reclamação, pegamos a folha. Teremos que aguardar até sexta pois a Copa só tem outro voo para cá na sexta. Então veremos.

Passados um bom tempo na reclamação da bagagem, fomos para o landing. Pegamos uma agente super simpática, foi muito legal. Fez as perguntas básicas de endereço, quantia que levávamos, se ia chegar bens depois. Super simpática, ganhamos um Welcome to Canada e um Benvenue ao Canada, em ambas a linguas. E mais um monte de outras palavras simpáticas, nos desejando boa sorte. E é claro, todos os livretos e recomendações que temos que fazer.

Saimos e encontramos o Jetro, que peguei por indicação no facebook, na comunidade de brasileiros em Montreal. Ele nos trouxe até a casa, foi bem bacana.

A casa é legal, tem seus probleminhas, mas o host é super simpático. Ele foi viajar, então deixou a chave debaixo do tapete. Deixou também um mapa da cidade e cada comodo tinha um desenho dos filhos dele para os meus, dizendo bienvenue ! Deixou pizza e cerveja na geladeira 🙂

Hoje tiramos o dia de folga. Levantamos 10h, demos uma volta, fomos almoçar em um restaurante (acho que libanes). Depois descobrimor um parque na rua de trás e passamos a tarde lá com as crianças.

Na volta, outra pequena surpresa: durante o banho do meu filho, parte do gesso do banheiro caiu devido a uma infiltração. Já avisei o proprietário, mas nada demais, só o susto e o trabalho da limpeza.

Dá realmente um medo e receio de chegar. Fico com foco que está proibido ficar dentro de casa. Mas as coisas estão fluindo, principalmente pelo meio maior medo que era a comunicação. O ingles resolve os problemas quando o frances não dá conta 😀

Não consegui usar o cartão de débito do HSBC canada. Deu pin invalido. Verei isso amanhã apos pegar o NAS.

Amanhã será o dia de pegar documentos, então vamos conhecer outras áreas da cidade. Villeray não é exatamente como pensamos. O bairro tem partes bem bonitas e outras em revitalização. Mas também tem muito imigrante e vimos que desenvolver o frances em alguns pontos por aqui pode ser dificil, já que em muitos locais os proprios comerciantes não falam frances (ou falam como nós, com dificuldade). Mas veremos isso mais para frente.

Abração a todos ! Espero encontra-los em breve !

E … Vai uma mala extra :(

Nota

Não deu. Tentamos e tentamos, mas vai morrer 180 doletas para a Copa. Fechamos uma mala extra e ainda temos uma certa quantidade de bagagem de mão para levar. Ainda bem que segundo o site da Copa, o notebook conta como bagagem adicional e não como mala de mão, então poderei levar a mochila e o notebook … Eu espero …

E é isso. Veremos como será amanhã …

Está chegando a hora … Amanhã !!!

Considerando que hoje já é segunda, faltam menos de 24 horas para o dia da partida !!!

Estamos acordados terminando de fechar as malas e pesar. Tira e coloca coisas, calcula e enfia tudo em bolinho kkk … Espero que não abram nossas malas, senão vai ser “tenso” de fecharmos.

Por hora, descansar um pouco e finalizar os trabalhos pela manhã. Fazer a última consulta do dentista, pegar mais algumas doletas e pronto. Só.

Mais e mais despedidas

Hoje encontrei alguns amigos que não via há muito tempo. É estranho, mas parece que o momento de despedida mostra como deixamos os amigos de lado.

Quando os interesses da vida não são os mesmo e as diferenças do dia a dia crescem, acabamos nos afastando. Hoje pensei que não deveria ter ficado tanto tempo longe de alguns deles, mas nossos estilos de vida acabaram sendo incompatíveis.

Mesmo assim, foi uma ótima despedida. Ficou um gostinho de “serei lembrado”. Tenho certeza que pelo menos um ou dois se recordarão dos momentos de amizade desde a adolescência.

Não vai dar para falar tchau para todo mundo. Mas sei que aqueles que estão próximos e desejando boa viagem serão mais uma marca da nossa ruptura com esse “mundo”. Espero ainda ter contato com alguns deles no futuro, mas sei que isso será pouco provável devido as condições da distância.

Ficou um desejo de paz e boa sorte a todos. E faltam 9 dias !

Carro Vendido !

Bem, psot rápido: hoje vendi o carro. Agora acabou quase tudo que deveria ser feito. Para trás, vai ficar somente o apartamento, que deixaremos a venda com meu pai gerenciando.

Alguns pequenos detalhes do dia a dia ainda restam a fazer, cancelar o celular (que ainda estou usando). Fora isso, quase tudo resolvido.

Faltam somente 11 dias !!!