Após o débito, um novo suspense …

Bom,

A resposta do BIQ foi rápida e felizmente o débito ocorreu.

A dúvida agora é em relação ao recebimento do número do dossiê. Parece que todos os  que receberam o email de abertura, receberam dois números relativos ao processo:

NUMÉRO DE RÉF. IND.  e No dossier

Eu no entanto, recebi somente o NUMÉRO DE RÉF. IND.

“Eita !”

Vou verificar se mando outra email questionando sobre esse número ou não. Mas o que importa é que o débito foi feito e o processo aberto.

Monsieur,

 

Nous confirmons l’ouverture de votre dossier et vous transmettons l’accusé de réception attestant de la perception des frais afférents au traitement de votre « Demande de certificat de sélection » du Québec.

 

Votre dossier est à l’étude. Une fois celle-ci terminée, nous vous informerons par courrier des suites qui seront données. Pour obtenir plus d’information sur l’immigration au Québec, nous vous invitons à consulter le site Internet suivant : www.immigration-quebec.gouv.qc.ca.

 

Seguimos mais uma semana e agora seguimos a vida e estudamos francês. Não necessariamente nessa ordem :).

 

Boa Semana a todos !

 

 

Anúncios

Ainda na expectativa do Débito

Até agora nenhuma novidade. Só mais tensão.

O pessoal que teve o dossiê recebido no México até o dia 16/10 já tiveram o débito feito.

Nosso dossiê foi recebido no dia 19/10. Teoricamente, seguindo a média dos mês de outubro, nosso dossiê deve ter o débito feito hoje.

Mas nem tudo são flores. Não enviamos o resultados do TCF-Q agora. E esse é o maior ponto de tensão. Juntamos cerca de 61 pontos sem os testes de língua e eu sou de área prioritária. Mas segundo as palestras da Perla, quem não enviar o TCF-Q junto do dossiê não terá seu processo aberto.

Será que é verdade ? Ou isso tem intenção que os novos processos já cheguem com os testes para tentar melhorar a velocidade de avaliação dos dossiês ?

Por enquanto nossa dúvida é essa. Sabemos que temos o perfil desejado, mas ainda somos iniciantes em francês. Segundo nosso planejamento, queríamos ganhar tempo enviando o dossiê agora e enviar após março/2013 os resultados dos testes de língua, garantindo um nível maior, a chance de receber o CSQ em casa no futuro e fugindo do risco de mudanças no processo a partir de 2013.

Ficamos na expectativa. E vai valer a aprendizagem para os futuros pretendentes a imigração.

Será que estou no caminho certo ?

Vocês já se perguntaram se isso é realmente o que você deveria estar fazendo ?

A idéia de imigração é fantástica. Em raros momentos, algumas vezes penso se deveria realmente estar fazendo isso.

Como desbravador, esse pensamento é massacrado em seguida pelos milhares de argumentos que me convenceram a ter essa idéia inicialmente. Posso dizer que na batalha da minha mente, a imigração ganha de longe.

Eu não cresci perto dos meus avós. E de parentes próximos, com exceção das minhas irmãs e meus pais. É justo eu privar as crianças desse convívio ?

A qualidade de vida, mesmo que ganhando menos e tento menor poder aquisitivo compensam realmente esse doloroso e demorado processo ?

Será que essa mudança é tão benéfica ?

Sim, essas perguntas passam pela minha cabeça. E acho que são benéficas. Elas querem dizer que estou refletindo sobre a idéia e que não estamos fazendo algo de improvisação e nem impensado.

Se fossemos só eu e la Poussin Mère, não importaria. Seria mais uma aventura. Mas le fils Poussin et la fille Poussin merecem essas considerações.

E por fim, mais uma vez concluímos que o maior benefício será em prol deles. Terão um futuro mais seguro em um lugar melhor.

Se você nunca pensou ou sentiu insegurança no seu processo de imigração, acho que está indo pelo caminho errado. Deixe a empolgação de lado e pense racionalmente ao menos uma vez.

Para nós, será uma aventura. E todos já estamos prontos para vivê-la.

Empresas de Consultoria de Imigração

Todos nós temos o tempo curto. Ainda mais tendo que aprender francês, trabalhar, cuidar dos filhos e ainda planejar o futuro.

As consultorias seriam uma mão na roda se realmente seu serviço fosse bom. Quando comecei o processo entrei em contato com algumas consultorias. Uma, famosa em Curitiba, insistiu que eu fosse fazer uma visita (mesmo após eu ter comentado 3 vezes que morava em São Paulo e não tinha tempo para “visitar”).

As consultorias no Canadá são extremamente caras. Muito mesmo.

E por fim, as consultorias não garantem nada em termos de vantagem na rapidez ou aceitação do processo.

Pensei que poderia usar esse dinheiro no próprio processo e economizar. Acho que eu estava certo.

Recentemente comecei a ler diversos relatos de falhas destas consultorias. No próprio fórum Brasil-Québec um post relatou que a consultoria havia perdido seus documentos. É o fim.

Hoje, encontrei em um blog muito simpático o relato da Pati sobre a experiência Interapoio. Para consultar o post original, visitem:

http://patitemps.blogspot.com.br/2012/07/interapoio-nossa-experiencia.html#comment-form

Aqui vai o relato dela. E acho que todos devem conhecer a verdade. Até porque nos comentários do post, outra moça reclama da mesma empresa e que tem o mesmo problema.

Interapoio – a nossa experiência

Faz tempo que as pessoas me perguntam por que eu não estava feliz com a assessoria da Interapoio, e eu acho que eu estou devendo de uma resposta…

 

Eu e meu marido decidimos imigrar em 2008, depois que eu voltei da minha primeira viagem ao Canadá, em muito influenciados pelo meu irmão e minha cunhada que imigraram naquele ano (obrigada, Dimi e Au!). Assim que decidimos pela imigração começamos a tomar todas as providências necessárias para entrar com o processo o mais rápido possível, inclusive adiantando em 6 meses o nosso casamento civil, que seria em dezembro de 2009, e foi adiantado para junho daquele ano. Contratamos o serviço dessa empresa ainda em julho de 2009, pensando que seria a melhor solução, já que somos médicos e, na época, achávamos que não tínhamos tempo para lidar com os formulários.

 

Passamos à empresa todas as nossas informações, e eles mesmo preencheram os formulários em agosto de 2009. Eles nos disseram que a primeira fase do processo (que na época era o período entre o envio dos formulários e o pedido dos documentos) demoraria cerca de 3 meses. Após 4 meses, preocupada pelo prazo que já havia expirado, entrei em contato com a empresa para perguntar se já deveríamos preparar a documentação que seria enviada a seguir. Qual não foi minha surpresa ao descobrir que os nossos formulários ainda não haviam sido enviados por falta de assinatura!!! Pagamos a empresa justamente porque não sabíamos direito como as coisas funcionavam, eles viram que faltava assinatura e nem sequer se deram ao trabalho de nos avisar!!!! Ficamos revoltados, mas no dia seguinte (01/12/2009) fomos pessoalmente à empresa para assinar o que faltava. Pedimos prioridade no envio, já que havíamos perdido muito tempo, o que aparentemente não aconteceu, já que meu processo só foi aberto pelo consulado quase 2 meses depois (27/01/2010)… isso porque no momento de vender o contrato, o Francisco nos garantiu que todas as nossas correspondências seriam levadas imediata e pessoalmente ao consulado, e que todas as correspondências do consulado seriam retiradas pessoalmente por algum representante da empresa…

 

Na época que aplicamos (agosto de 2009), a previsão do tempo de processamento era de apenas 8 meses, já que era o processo novo, que começou super veloz. E, de fato, as pessoas que realmente aplicaram naquela época, terminaram seus processos em tempos bem curtos. Com o atraso, nosso processo caiu no “limbo” dos processos antigos após a mudança de 2010, tanto que agora, em julho de 2012, 3 anos após a assinatura do contrato com a Interapoio, ainda esperamos a finalização do nosso processo…

 

Mesmo com essa mancada descomunal, a empresa continuou nos tratando com descaso. Sempre que ligávamos lá ouvíamos que o Francisco não estava. Quando mandávamos e-mail, a resposta demorava 7 a 10 dias para vir, e era sempre extremamente sucinta, do tipo “é demorado mesmo”, “nada a fazer agora” ou “precisa aguardar”. Nunca recebemos um e-mail decente do Francisco.

 

Além disso, as correspondências que deveriam ser retiradas pessoalmente no consulado, conforme promessas feitas na contratação, eram entregues via correio comum e endereçadas ao advogado da empresa, que fica em Ontario!!! Ou seja, o que deveria ser retirado imediatamente ou enviado pelo correio em pouco tempo para São Paulo, acabava indo até o Canadá para depois voltar, o que nos garantiu mais atrasos no processo (por exemplo, o pedido de atualização de documentos de julho de 2011 só recebemos 3 semanas após).

 

Pra finalizar, eu e meu marido decidimos tirar a Interapoio como nossa representante legal. Descobrimos qual a papelada que deveríamos preencher e levamos pessoalmente ao consulado, que no mesmo dia já fez a exclusão. Poucas semanas depois recebemos o pedido dos exames médicos e dos passaportes já no nosso endereço, o que nos proporcionou uma emoção impagável, não só pela emoção de receber o tão esperado envelope pardo na nossa casa, mas também pela confirmação de que agora não dependemos mais de empresa nenhuma, a gente mesmo pode cuidar da nossa imigração com o cuidado que só o próprio imigrante pode ter…

 

Ah, e detalhe: ou até hoje a Interapoio nem sabe que não é mais nossa representante, ou ignorou o fato. Porque faz muitos meses que não temos notícias deles…

 

Essa é minha história. Tenho certeza de que cada um tem uma opinião diferente sobre isso. Só posso dizer o que eu sei do meu caso, cada um tira as conclusões que quiser… não tenho nenhuma intenção de persuadir ninguém, só concordo com o que foi falado no último encontro de imigrantes em Sampa: se eu não conto a minha história, posso estar prejudicando alguém, que pode passar pelo mesmo problema. Se forem começar o processo sozinhos, preencham tudo com muito cuidado. Se forem contratar alguma assessoria, vcs têm que se fazer muito presentes para evitar problemas como o meu e, claro, não confiar cegamente em ninguém… porque ninguém quer ver seu processo finalizado com sucesso mais do que vc mesmo…

Olá ! Esse é o primeiro post para inaugurar o blog. Seja Bem Vindo.

Ultimamente tenho lido diversos blogs com conteúdos que vão do extremamente útil e divertido até extremamente inútil.

Como família, Temos muitas coisas que aprendemos e que gostaríamos de compartilhar. Nossas experiências e nossos objetivos.

Com certeza será um blog voltado para nossa família e colegas, assim poderão acompanhar nossa trajetória e estar sempre por “perto”.

Abraços a todos os leitores.