Acidente de carro com um motorista bebâdo fujão

Depois me perguntam “por que sair do Brasil ?”.

Estava saindo da Prefeitura de Osasco hoje. parei em um sinal e de repente … Poff … Acertaram a traseira do meu carro.

Saí para falar com o cara e ele mal conseguia sair do carro dele (isso era 15h30 !!!). Ele mal reconhecia que tinha acabado de bater o carro.

Falei com ele (claramente ele estava bebâdo) e ele disse que ia pagar. Como estávamos no meio da avenida (muito movimentada), sugeri de afastarmos o carro para próximo a calçada. E de repente, o cara surtou ! Entrou no carro e fugiu. Segui ele por um trecho, então ele começou a fechar os outros carros, jogou dois na calçada e entreou na contramão. Neste ponto vi que não era viável continuar seguindo (eu não vou entrar na contramão e arriscar minha vida).

No momento em que parei, encontrei uma viatura da PM. Avisei que o motorista bebâdo estava sem controle e tinha acabado de bater em mim. Eles falaram que ia verificar. Encontrei outro viatura da Tática. Falei com eles também e eles falaram que “verificariam” (este pegou até meu número de celular).

Então fui fazer um B.O. Chegando na Delegacia, perguntaram se tinha vítimas (hora, é claro que tem pô – mas só vale vítima com danos físicos !). E começaram o B.O.. Então falei que minha preocupação era o cara estar bebâdo e ser uma ameça; eu gostaria de abrir uma queixa criminal contra ele. Me disseram que não é possível já que ele não seria pego em flagrante, etc. e talz. E que a única coisa que posso fazer é ir no Pequenas Causas tentar obter o dinheiro do conserto de volta (e nem isso é garantido). E que se eu quisesse alertar para a busca do carro, deveria ligar 190 e fazer a queixa (porra ! Eu estou na Delegacia ! Eles não podem fazer isso ? ).

Por fim, peguei o B.O., levantei os dados do veículo (não consegui o nome do proprietário, queria muito ligar para a casa desse safado) e entreguei para um advogado tentar obter os dados dele o mais rápido possível.

O conserto vai ficar menos que a franquia (absurdos R$ 2.882.27 ), eu acho. O chefe até falou que vai conversar comigo amanhã sobre o assunto. Afinal, eu estava a trabalho com meu carro particular … Veremos …

Nesse momento de falta de dinheiro, mais essa agora.

E enquanto isso no Québec, algumas maluquices acontecem. Mas pelo menos as leis são seguidas.

http://www.ctvnews.ca/canada/quebec-man-charged-with-drunk-driving-for-17th-time-1.1132966

O tiozinho foi pego novamente, mas pelo menos foi preso. Outro citado abaixo pegou perpétua por ser uma ameaça a sociedade.

Eu não queria nada demais … Só queria que esse safado respondesse por estar bebendo dirigindo …

Para quem se interessar pelo caso, o cara dirigia uma Pajero Preta com Placa LUU1585, cidade de Osasco. 

Se um dia encontrar esse safado, fala que você sabe que ele é um ordinário motorista bebâdo fujão.

E ainda perguntam por que eu quero ir para o Canadá. Sei que lá também tem motorista bebâdo (aliás, tem muitos pelas notícias que vi). Pelo menos as leis são executadas de maneira justa e os casos investigados.

Boa semana a todos !

Anúncios

Desisti de abrir conta no HSBC

Bem pessoal …

Sei que algumas coisas nos trazem segurança. Ir ao Canada com uma conta Premier aberta talvez seja uma delas. Mas para ser sincero, minha experiência com o HSBC no Brasil tem sido desanimadora até agora.

A primeira vez que fui no HSBC, quando o limite do Premier ainda era R$ 7.000,00, a atendente não fez muito esforço para abrir a conta. E nem me avisou que esses limites iriam mudar (se é que ela sabia).

Quando resolvi finalmente abrir a conta, mês passado, olhei no site e vi que limite para Premier havia mudado.

Enviei um email detalhando meu caso para o HSBC e recebi uma resposta ultra-mega genérica, daquelas que você percebe que a pessoa nem leu o que você escreveu. Primeiro ponto negativo.

Quarta feira tirei um dia de folga e fui até o HSBC para conversar pessoalmente com o Gerente de abertura de contas. Expliquei o caso e o cara não mostrou a menor vontade de fazer nada (nem mesmo abrir a conta).

Ele mal sabia sobre as questões de abertura de conta no Canada. Isso porque é um gerente ! Imagina se fosse outro funcionário …

Disse que não havia o que fazer, me passou uma tabela de tarifas (leu para mim o que já estava escrito – talvez ele tenha achado que eu sou analfabeto e não sei ler uma tabela).

A cara do gerente – sério – me desanimou totalmente de abri uma conta lá (não porque ele era feio – mas sim pela falta de interesse em conquistar um cliente).

A recepcionista da agenda já recebendo as pessoas com uma baita cara de bosta má vontade. O tal gerente espalhado na mesa olhando para os lados, fingindo que estava ocupado e torcendo para não ter mais atendimentos.

Por fim, ele me falou que poderia fazer a tal gambiarra: abrir a conta advance, eu movimentar R$ 10.000,00 por três meses e solicitar o upgrade da conta para Premier. Questionei sobre os limites que a conta teria, já que sou cliente Van Gogh com cartão de crédito com um bom limite e sem anuidade e tal. O Zé Ruela disse que não poderia garantir nada e que somente após a abertura da conta ele poderia verificar se eu iria conseguir negociar as mesmas condições do outro banco.

Em resumo, ficou claro que eles não querem mais clientes pois o gerente nem tentou me convencer a abrir a conta. Ele me motivou mesmo é a manter a minha do Santander atual.

Pois essa será a tática. Vou manter a conta brasileira que tenho meus benefícios e crédito. Se for a necessidade, usarei o cartão brasileiro em emergências e quando chegar no Canada abro uma conta por lá mesmo.

Se a experiência antes da abertura da conta foi ruim, imagina após !!!

Jornada Mundial da Juventude

Enquanto aguardamos, que tal participarmos de algo legal ? Você pode hospedar algum aluno de língua estrangeira (claro que para nós, candidatos da imigração, é melhor ter contato com alguém de língua francesa !!!).

Então fica aqui o chamado caso alguém queira participar. Essa etapa de acolhimento de famílias ocorre em Campinas – S.P.

______________________________________________________

Nos dias 24 a 28 de julho de 2013 acontecerá no Rio de Janeiro a Jornada Mundial da Juventude, convocada pelo Papa Bento XVI, reunindo jovens católicos de todo o mundo. Nós, da Escola São José e Centro UNISAL, participaremos deste evento com um grupo de jovens. Convidamos os interessados, entre 16 e 25 anos, em participar da Jornada procurar-nos para o pré-cadastro.

Dentro desse espírito, a Igreja do Brasil convida as dioceses para a promoção de uma Semana Missionária, de 16 a 21 de julho em preparação da Jornada Mundial, quando a juventude vivenciará momentos de espiritualidade, pastoral, cultura e solidariedade. Jovens estrangeiros participarão desta semana nas paróquias do Brasil.

A Escola Salesiana São José prepara-se para receber 100 jovens estrangeiros de obras salesianas de diversos países que participarão com os jovens de nossa cidade desta Semana Missionária.

Contamos com a ajuda das famílias de nossa Comunidade na acolhida desses jovens. Assim, se  sua família puder ajudar nas hospedagem de alguns jovens, é necessário estar atento à algumas condições:

1. Recomenda-se que as famílias acolham no mínimo dois jovens do mesmo sexo, pois, em dupla, se sentem mais à vontade e seguros.  Não há problema, porém,  de acolher somente um jovem.

 2. Os que acolhem se comprometem com acomodação para pernoite, café da manhã e transporte para o São José no período da manhã e de volta para a casa acolhedora à noite. Almoço e jantar serão de responsabilidade da comunidade São José.

 3. A programação detalhada será fornecida em reunião com as famílias interessadas no inicio de 2013.

 4. Interessados deverão preencher a ficha de cadastro (clique aqui) e entrega-la na Pastoral da ESSJ ou da UNISAL, ou, se preferir,  pelo e-mail:  pastoral@essj.com.br.

Contatos também podem ser feitos com a pastoral pelo fone : (19) 3744-3000

 5. Dúvidas e/ou esclarecimentos:

Rafael ou Rodolfo – Pastoral Escola São José

Tennessee – Pastoral Universitária

Contando com a generosidade e disponibilidade  de sua família no acolhimento destes jovens estrangeiros, agradecemos.

 Rafael Duarte Belletti

Coordenador de Pastoral

Greves – Um país paralisado !

Em alguns posts atrás, citei que os professores deveriam ser a categoria profissional com o maior salário de todos. Afinal, sem eles, não haveriam quaisquer outras categorias salariais.

Até aqui, todos concordam.

Tenho visto essa manobra geral de sindicatos, servidores e afins na tentativa de chantagear o governo federal paralisando as atividades do país para exigir aumento salarial.

Estudei em uma universidade federal e sei como funciona a coisa.

Acho uma vergonha. Primeiro porque prejudica toda a população. Esses dias alguns servidores de Brasília resolveram aderir a greve para “colaborar” com os servidores das universidades. O resultado é que milhares de obras que deveriam ter fiscalização, serão aprovadas sem ao menos serem vistas. Manobra ? Quanto dinheiro a população vai perder ?

Depois vem os professores. Categoria tão importante. Paralisando o ensino e atrasando a revolução tecnológica do país. Será que pararam também seus projetos extras ? Esses continuam, não é ?

Muito interessante a dinâmica do funcionário estatutário. Faz a greve, não quer seus dias descontados e ainda acha que tem razão.

Sabemos que alguns argumentos podem ser discutidos, mas vamos lá. Alguns pontos de vista:

1 – Qual o salário mínimo do país ? Ao invés de lutar pelo próprio umbigo, por que não paralisam tudo assim para melhorar a vida das pessoas carentes ? Para diminuir a reforma tributária ? Pela justiça ? Ah ! O próprio umbigo sempre vale mais.

2 – Quando fizeram o concurso já sabiam o salário que iam receber. Sim. É uma afirmação. E já sabiam que os aumentos não são dados de acordo com o IPC ou o que for.

3 – Quanto ganha um professor ? Quanta ganha um servidor-técnico ? Qual é o salário mínimo ? Quanta ganha a maioria dos brasileiros ? (ponto só para reforçar o foco no próprio umbigo). Reclamam de barriga cheia, isso sim.

4 – Se isso acontecesse na iniciativa privada, quais seriam os resultados ? Já pensaram no que acontece em uma indústria se todos os funcionários param de trabalhar ? E pior: e se os funcionários das fábricas vizinhas para de trabalhar também por “apoio” ? Já viram o contrassenso disso ? Por que estatais devem ser tratados diferentes da iniciativa privada ?

Tudo isso me enoja. Ao invés de lutar por um mundo melhor, estão todos é preocupados com o próprio bolso. Mobilização por dinheiro: sim. Mobilização por qualidade de vida: não.

Esse é o jeitinho brasileiro. Recebo milhares de fotos e mensagens sobre isso no facebook. Afinal, eu já fui militante de esquerda e sei como funciona a coisa. E nem posso querer discutir o assunto pois serei execrado pelos meus antigos companheiros.

Quem paga tudo isso ? Greve, falta de fiscalização, corrupção, aumento de salários ? Sim, os trouxas. A população brasileira que em grande parte não tem nada em relação com isso.

Tristeza de um Povo sem Educação

Costumo ler sempre algumas notícias da Globo Online. Apesar de muitas vezes as notícias serem parcialmente tendenciosas e várias outras vezes as notícias exibirem erros grotescos de gramática e concordância verbal, acabo por ler já que “notícia é notícia”.

Ultimamente tenho perdido prestado mais tempo nos comentários das pessoas do que na notícia em si. É impressionante a quantidade de pessoas má informadas, alienadas ou simplesmente sem a menor noção do que falam (sem contar com os erros de português). Geralmente leio e dou risadas com a falta de habilidade do brasileiro com sua própria língua (mas no fundo fico extremamente angustiado).

Hoje, porém, fiquei perplexo com a falta de educação e sentimento de amor ao próprio do brasileiro. Em uma notícia de morte de uma mocinha, 24 anos, as pessoas fazendo piadas sobre a ocorrência, culpando a pobre moça pela situação … É o fim …

Quem quiser ficar surpreso com a falta de educação do brasileiro dá uma conferida na reportagem (olhe os comentários):

Estudante da PUC-Campinas morre após queda de penhasco no Peru

A mocinha estava andando na trilha em uma mula, a mula caiu e ambos morreram. Muito triste a situação. E pior ainda com os comentários:

tanta coisa melhor p fazer, ela vai andar de mula no Peru….ZzZzZzZz..

Como assim melhor para fazer ? Essa pessoa não conhece o Peru mesmo … Acha que turismo é só na Europa … E que tipo de comentário foi esse ?

será q ela se ralou !!!!

Nem tenho comentários sobre o comentário …

campinas eh a cidade mais gaydo mundo

Além da aparente xenofobia, não sei o que isso tem a ver com a notícia.

que morte ridicula…nao parece que foi so isso…

Devo chamar este pelo nome que ele é: um verdadeiro idiota.

COM TANDO PAÍS MARAVILHOSO PRA IR, O QUE ESTA PAMONHA FOI FAZER NO PERÚ, NO MEIO DO MATO COM MONHANHAS ROCHOSAS? E AINDA SUBIR UM TERRENO ÍNGREME, EM CIMA DO LOMBO DE UMA MULA. QUEM É A MULA DA HISTÓRIA ?

Depois dessa, realmente acho que esse povo não tem salvação …. A falta de sensibilidade e cultura na mesma frase são impressionantes.

Existem vários outros exemplos de “ótima” educação por lá. Se quiserem ficar tristes, entrem e leiam.

O pior é que a tristeza pela Educação deste povo é minha, já que sou eu (nós) que tenho que aguentar essa falta de amor ao seu vizinho. É assim que as pessoas querem se comportar para virar um país civilizado ? E depois ficam indignados quando os “gringos” nos chamam de País das Bananas.

Educação no Brasil

Eu estava escutando hoje a rádio CBN no carro enquanto dirigia para o trabalho.

Quando liguei, estava passando uma entrevista com a coordenadora do curso de Pedagogia da UNICAMP. Em um certo momento, a entrevistadora perguntou o motivo da escola pública brasileira ter uma qualidade tão inferior quanto as escolas privadas.

Como era de se esperar, a convidada sem saber o que explicar, deu uma resposta curiosa:

As escolas públicas tem menor qualidade devido a iniciativa privada, a classe alta e média que transfere seus filhos para as escolas privadas e assim diminui a qualidade da escola pública. Assim, aumentam a quantidade de alunos das escolas privadas e então a qualidade da escola pública diminui mais ainda.

Na hora eu pensei: Que enrolation ! Ela nem sabe do que está falando. Além das gaguejadas básicas, ela deu uma enrolada bruta.

Na mesma hora comecei a refletir sobre o significado da resposta dela. Dá para tirar algumas idéias absurdas do que ela quis dizer.

  1. Ela disse que o motivo das escolas públicas terem qualidade pior é porque os filhos da classe alta e média estão nas escolas privadas. Isso faz sentido ? Será que os filhos de pessoas mais abastadas são mais inteligentes e então a qualidade da escola pública diminui ?
  2. Ela culpou a elite brasileira de tirar seus filhos da escola pública e por isso a qualidade caiu ? Maldita elite brasileira.

Achei interessante o fato dela não ter respondido por que a qualidaed da escola pública é ruim. Ela somente culpou a classe alta e média brasileira.

Posso até forçar o entendimento dela querendo dizer que as pessoas ricas colocam seus filhos na escola privada e então os investimentos em escolas públicas diminui.  Até faria sentido. Mas no final, me pareceu papo de militante de partido de esquerda culpando a burguesia.

Eu tenho opiniões diferentes. Acredito que a qualidade da escola pública é ruim devido a alguns fatores, dentre eles podemos dizer:

  1. Baixo salário dos professores. O bom profissional, por mais que goste de dar aulas, vai procurar um trabalho que seja suficiente para sustentar sua família.
  2. Falta de investimento do poder público. Isso reflete salários baixos, escolas caquéticas e caindo aos pedaços.
  3. Teorias de educação precárias. Hoje a culpa nunca é do aluno. Nossos teóricos de educação super ultra mega espertos (…) inventam teoremas de como dar aulas, meios esquemas educacionais que não são aplicáveis e que tiram a responsabilidade de quem deve ter: os pais educam (não a escola) e os filhos estudam.
  4. A corrupção e o estilo de vida brasileiro. Livros didáticos governamentais ultrapassados e a falta de distribuição de renda.

Esses são alguns motivos que posso pensar agora. Mas tenho certeza que outros dois motivos são realmente importantes:

A falta de educação do povo faz com que ele eleja novamente os mesmos políticos corruptos que não investem em educação. E a falta de educação faz com que eles elejam os mesmos políticos corruptos. É um ciclo vicioso.

E por fim, tenho certeza que coordenadores alienados militantes que não são objetivos o suficiente para responder uma pergunta diretamente afetam diretamente a formação dos professores, que sem dinheiro não conseguem ter formação complementar e ajudar na melhoria do próprio sistema.

Na minha opinião, em um país, o profissional que deveria ter o maior salário de todos é o professor. Pois sem ele, nenhuma outra profissão (técnica, diga-se de passagem) sequer existiria. Mas essa é só uma simples opinião de alguém que tem filho na escola privada porque a qualidade da escola pública é realmente muito ruim.