3 anos de Canada !!!

Nesse domingo passado completamos 3 anos no Canada. Passou rapido. Muito rapido. Costumo dizer que a percepçao de tempo por aqui parece ser diferente ao que estamos acostumados. Mas talvez seja so a percepçao afetada devido a idade.

Nesses 3 anos, caminhamos bastante com o objetivo da integraçao. E aparentemente funcionou bem, mas com as devidas ressalvas.

As crianças estao bem adaptadas. Nesse domingo perguntei se alguem tinha vontade de voltar ao Brasil e todos falaram que nao. Nosso maior, ja adolescente, ja criou laços afetivos com a cidade. Esta namorando, vai ao parque, aproveita do sistema de transporte publico com sua carta Opus. Algo impensavel no Brasil, ja que moravamos em uma cidade relativamente violenta e eu nunca deixaria ele sair sozinho assim.

A pequena possui um grupo de amizade mais forte. Ela foi ainda pequena a escola e foi muito bem aceita por sua pequena trupe de amigas. As vezes me preocupa o fato dela estar querendo abandonar o portugues, mesmo em casa. Mas continuamos falando nossa lingua materna e ensinando ambas. Alias, inserindo pouco a pouco elementos da nossa cultura da qual ela nunca vivenciou na pratica. Para nosso ado, isso ja nao é problema pois ele tem varias lembranças do Brasil e de como as coisas funcionavam.

A distancia da grande familia é o ponto fragil de toda essa equaçao. A saudade de que temos e a falta que os avos fazem na vida das crianças é significativa. Mesmo nosso ado demonstra sinais de tal falta. Solucionamos isso com as visitas anuais e com chamadas no Skype, mas aqueles pequenos detalhes do dia a dia acabam sendo perdidos.

Ainda nao visitamos o Brasil nestes 3 anos. Mas ja recebemos diversas visitas aqui. Queremos ir ao Brasil logo, mas as mudanças de trabalho, horarios de escola e afins acabaram deixando esse plano de lado. Por hora, nao temos planejamento para ir.

Por outro lado, o acesso a casa propria aqui é bem mais facil. Mesmo sem vender nossa casa no Brasil, ja temos condiçoes hoje de adquirir um imovel. Na ilha de Montreal os preços sao realmente absurdos. Pensamos em ir para banlieu, mas nao queremos quebrar a rotina de integraçao e adaptaçao com sucesso das crianças. Vamos enrolar um pouco.

A sociedade aqui, em termos gerais, é aberta e receptiva. Mas também podemos ver as vezes alguns sinais de segregaçao ou resistenncia aos imigrantes. Acredito ser normal e nao afeta a qualidade de vida.

Podemos afirmar que a vida aqui é mais tranquila e segura. Mesmo com o medo que atos terroristas andam trazendo para o mundo. Apesar de nao afetar aqui, hoje, nao sabemos o que vai acontecer amanha. Essas caracteristicas que nao sao pensadas no Brasil, acabam por nos fazer refletir a vida por na America do Norte. Uma faceta inesperada.

O clima continua sendo uma surpresa a cada dia. Essa primavera chuvosa e gelada contrasta com a primavera quente de quando chegamos. O ultimo inverno, nosso terceiro, nao foi tao frio mas teve bastante neve e gelo. Muito diferente do nosso primeiro inverno que poderia ser denominada como era glacial.

O governo funciona na maioria de suas instituiçoes. As vezes falha. Existe corrupçao, mas o nivel em valores e extensao nao é comparavel ao Brasil. E as pessoas nao esquecem, eventualmente falam de casos que ja se passaram ha alguns anos.

Bem, vou jantar. Fico por aqui nesse longo texto para marcar mais uma etapa dessa viagem. Logo a lei de imigracao vai mudar e poderemos pedir a cidadania. Nao mudara nada em termos do dia a dia, mas simbolicamente sera muito importante.

Abraços em um texto sem acento ! Detesto a falta do meu teclado ABNT 2 !!!

Pedindo demissão … E partindo para o novo !

Chegou a hora. Depois de quase dois anos em um ritmo de trabalho forte e com alguns horários estranhos, finalmente uma boa oportunidade apareceu.

Um grande empresa, salario bem razoável, bons benefícios. Parece que aqueles conselhos que recebíamos no inicio tem sentido pratico: comece a trabalhar para ganhar experiencia local que depois ficara mais fácil achar uma boa colocação no mercado de trabalho. E funcionou mesmo !!!

Cheguei a receber uma boa proposta para ficar no trabalho, mas depois de uma semana no novo trabalho, acho que acertei em sair para o novo.

Veio praticamente como presente de 2 anos de Canada !

A mobilidade profissional aqui sempre me surpreende. Trocamos de trabalho, explicamos as razoes e geralmente as pessoas compreendem. Sem burocracia alem da educação de dar um aviso antes de parar de trabalhar em um tempo adequado.

Então seguimos nosso caminho, agradecendo a cada dia por termos essa luz no nosso caminho e desejamos que todos tenham sucesso em seus projetos.

E lembrem-se: pode ser difícil no começo e pode parecer que não vai dar certo. Mas por fim, tendo fé e trabalhando forte os resultados vão vir.

Um abraço e feliz jour de la Saint-Jean-Baptiste.

Do Wikipedia sobre o jour de la Saint-Jean-Baptiste:

Au Québec, il s’agit de la Fête nationale du Québec. La fête a remplacé la fête religieuse traditionnelle de la Saint-Jean qui soulignait jadis le début de l’été et donnait lieu à des feux de joie sur les berges du Saint-Laurent. Ces feux avaient pour objectif de célébrer l’arrivée de l’été mais aussi de communiquer aux villages environnants les dernières nouvelles de l’hiver. Combien de morts ? Combien de nouveau-nés ? Les signaux de fumée faisaient office d’alphabet et donnaient un premier aperçu de l’état de la vie du Québec rural de l’époque. Dans les années 1960 et 1970 la Saint-Jean est devenue un des symboles de l’affirmation nationale québécoise, devenant le point de convergence des grands rassemblements politiques, sociaux et culturels. Elle demeure à ce jour un des rendez-vous annuels majeurs de la collectivité québécoise. Elle est officiellement appelée fête nationale depuis 1977.

2 anos de Canada !!!

Passou rápido. Muito rápido mesmo. Ontem completamos 2 anos em Montreal, 2 anos de vida nova. Como de praxe nos blogs de imigração, vamos a um pequeno resumo das questões importantes em nossa vida !!!

Adaptação:

Nossa pequena, que chegou com 4 anos e agora esta com 6, esta totalmente adaptada a vida nova. Fala francês, começou a ler em francês (e identifica palavras em português), tem varias amiguinhas e vida social bem movimentada. Nesse ano ela mudara do maternal para o primeiro ano. Apesar de ser na mesma escola, é uma grande mudança. Pelo que tenho visto, quanto menor as crianças que chegam, melhor sera a adaptação a vida nova. Recentemente ela começou a falar sobre a saudade dos avós. Disse que queria neve (estamos no verão) para patinar de novo. Falei para ela ter paciência e aproveitar o calor 🙂

Nosso grandão esta bem adaptado. Nesse ano ele ira para a classe regular no 2 secundário. Grande mudança. Ele não pensa em retornar ao Brasil e esta satisfeito com a vida aqui. Fala francês, escreve e tem vários amigos. Vai a escola sozinho de ônibus, volta sozinho, vai para o parque no final de semana com os amigos e já tem uma namoradinha. Vida normal e com uma liberdade incomparável para sair na rua.

O casal, bem, nos estamos tranquilos. A adaptação foi boa e começamos a criar um pequeno circulo de amizade, ainda pequeno, mas que se forma lentamente.

Trabalho:

Tive uma grande melhoria no ambiente de trabalho apos o primeiro ano. O salario agora é bem melhor, o que indica que a palestra que assisti estava certa: ao menos 2 anos para alcançar um certo grau de reconhecimento profissional por aqui, 6 anos previsto para plenitude igual havíamos no pais de origem. Ainda chegarei la ! Algumas portas se abrem, possibilidades podem ser vistas mais a frente. Mas agora, faço tudo com mais calma e analiso as opções. Ja estamos na contagem regressiva para a cidadania, o que pode abrir algumas portas no meu campo profissional que hoje não posso aplicar.

Vida:

A vida é tranquila. As vezes comentamos que as coisas aqui não são tao diferentes do Brasil: a rotina trabalho, escola, crianças, mercado, dia a dia, é tudo igual. A diferença obvia é o senso de segurança e a visão de que as coisas funcionam aqui.

Clima:

O calor chegou agora e também não é fácil !!! O inverno não nos incomoda. Durante o ultimo mês de frio já estávamos um pouco cansados do frio, mas a vida nao muda tanto e nem é tao difícil como falam. Tudo é aquecido, todos os lugares tem infraestrutura de inverno. Esteja bem agasalhado que o inverno passa tranquilo. Detalhe para os dias que fica aquela camada de gelo no para-brisa do carro, isso eu detesto. É chato limpar e as ruas ficam escorregadias (a famosa freezing rain). Fora isso, tudo bem.

Saudades:

Estamos um pouco saudosos da família. Ja faz algum tempo que não recebemos visita e infelizmente ainda não temos tempo disponível para uma viagem ao Brasil. Consideramos que viajar uma semana para o Brasil (tempo que todos temos livre em comum) seria muito caro e não valeria a pena pois a família é bem dispersada pelo pais. Vamos aguardar mais um pouco já que sabemos que receberemos visita no fim do ano.

 

_______________________________________

Apos nossa reunião familiar em um restaurante para comemorar os 2 anos, fizemos a votação anual se devemos ficar ou retornar: por hora, nossa decisão é ficar !!!

Abraços a todos e que seus projetos se tornem realidade !!! Nao desistam porque vale a pena !

1 ano e 4 meses de Canada

Passou rápido. Muito rápido. De repente as coisas entram na rotina, verão vira inverno e fazemos outro aniversario.

As coisas começam a mudar, pouco a pouco, dentro de nos. E fora também ! Desde o teclado com layout francês que não permite acentuar palavras no nosso querido português, até a melhoria da língua e desenvolvimento das crianças nesta nova sociedade.

Novos amigos descobertos, as vezes de onde menos esperávamos, velhos amigos entrando em contato perguntando sobre nossa nova vida e se podemos dar algumas dicas de onde buscar informações para seguir o mesmo caminho.

Quando imigramos não temos certeza. Certeza genérica mesmo, não sabemos nada sobre o futuro além do que podemos pesquisar e planejar. E não é que aquelas dicas que recebemos são boas mesmo ? E que por mais que a gente saiba que precisamos ter paciência, a ansiedade sempre anda por perto.

Valeu a pena ? Sim, valeu. A calma e tranqüilidade que vivemos paga tudo aquilo que passamos com juros. Ficaram coisas importantes para trás ? Sim ! A cada visita da família, aquela sensação de vazio retorna quando eles partem. A melhor coisa que fiz antes de partir foi criar um Skype para pais e sogros !!!

A imigração funciona para todos ? Infelizmente, tenho que dizer não. Ja notei pessoas perdidas, mais ansiosas que eu e diversos que retornam ao Brasil. Vejo muitos anúncios nas comunidades virtuais de brasileiros de pessoas voltando, apesar de grande parte serem estudantes, algumas famílias estão incluídas. Mas posso dizer que somos (nos, imigrantes) resilientes e mesmo com dificuldades e medo, seguimos em frente dando tempo ao tempo, conforme diziam nossos pais. E tudo acaba se encaixando, basta ter paciência.

É uma grande experiência e todos deveriam ter a oportunidade de passar por isso. Vale para crescer como ser humano, para aprender e ensinar.

Para aqueles que acompanhavam o blog e notaram que passei um tempo sem escrever, quero dizer que estamos bem, vivos e saudáveis !!! Nos preparando para o inverno, estação da qual surpreendentemente gostamos, apesar do frio. Alguns dizem que é por ser nosso segundo inverno, que no futuro vamos enjoar. Quem sabe, não é ?

Desejo a todos que ainda estão neste processo boa sorte e boa viagem, espero lhes encontrar logo por aqui. E para aqueles que já estão aqui, vamos aproveitar o restinho de outono !!!

Abraços a todos !!!

 

 

1 ano de Canadá !!!

Caros colegas de viagem, hoje faz um ano que deixamos o Brasil e viemos para o Canadá. Muita coisa aconteceu nesse período, felizes e tristes.

Nossa adaptação tem sido muito boa. As crianças são as que estão se saindo melhor, já falam um bom frances e já possuem vários amigos.

Nossa rotina do dia a dia também já está bem definida. O trabalho é as vezes tranquilo, as vezes duro, mas nada que assuste alguém que já trabalhou firme no Brasil 🙂 .

O governo tem feito sua parte, oferece cursos, auxílios para as crianças, garderie e em termos gerais uma boa qualidade de vida.

Muito do que vemos nas palestras não é verdade. Apesar da abundancia de vagas de trabalho, a maioria delas é inatingível para os recém chegados. Mas nada que assuste pois tendo em mente que sabemos que neste projeto de imigração um dos pontos é recomeçar, sabemos que isso é só uma etapa.

A cidade de Montréal é ótima, amamos muito. Desde a arquitetura e do povo bilingue, trilingue e afins, as coisas funcionam bem. Apesar de aparentar algumas mazelas sociais e de muitos encargos (para todo o Québec), podemos ver os sinais do que é realmente justiça social. Claro que não é perfeito, mas sabemos que isso não existe !

Os colegas de imigração já aparecem muito. Fizemos amizades, na maior parte com brasileiros, mas também temos amigos de outras nacionalidades, inclusive “locais”.

Nosso projeto caminha como planejado, as vezes com altos e baixos, mas sempre com certeza que fizemos uma boa escolha e que essa é uma experiencia única na vida e que as crianças se beneficiarão muito no futuro.

Claro que a parte triste é a distancia da família. Depois da última visita que recebemos isso se acentuou um pouco pois as crianças crescem rápido e notamos que não teremos todos juntos para sempre e que cada momento que passamos é algo que não pode ser simplesmente compartilhado por fotos ou facebook. Mas o saldo final é positivo pois com Skype e todas as outras tecnologias mantemos contato constante, o que diminui essa ausencia parcialmente.

O inverno não foi tão assustador como esperávamos, tinhamos em mente algo muito pior. O finalzinho foi duro e o sol realmente faz falta. Mas entramos agora em uma época na qual a cidade parece borbulhar e isso empolga qualquer um. Agora entendemos o valor de tomar um solzinho no parquinho todos os dias e aproveitamos os eventos e o calor.

Ceder um passo atrás para ganhar dois para frente nunca foi tão verdadeiro. Para os que tem em mente o projeto de imigrar, mantenham isso em mente. Funciona e aqui dá certo.

Fico feliz em ler as notícias dos projetos de imigração que estão caminhando. Parece que as coisas vão mudar e ficará mais difícil imigrar, na questão de obter os documentos. Por outro lado, fico cada dia mais estarrecido com as notícias que leio do Brasil e como a coisa parece piorar um pouquinho a cada dia, em termos de violencia, corrupção e falta de amor ao próximo.

Andei esquecido do blog, mas não foi por um motivo ruim. Nossa vida vai caminhando e apesar de termos diminuido o ritmo, ainda somos acelerados. Falta mais tranquilidade para ficarmos mais parecidos com todos por aqui 😀 …

Para todos que nos acompanham, saibam que vale a pena e que apesar dos sacrifícios feitos, a oportunidade é única e eu recomendo a todos que se dediquem e não tenham medo (como se fosse possível, não é ?).

Obrigado a todos. Vou tentar não ficar tanto tempo longe do blog, é um companheiro de viagem e meu pequeno diário (kkk).

Festa da Tulipas

Festa da Tulipas – Ottawa mai/2015

7 meses de Canada e a primeira visita do Brasil !

Completamos 7 meses e alguns dias. O tempo aqui parece estar passando incrivelmente rápido. Talvez seja a percepção dos dias curtos com o sol se pondo 16:20 ou talvez seja por estarmos bem ocupados dia a dia.

No natal e ano novo recebemos nossa primeira visita: meus pais e meu sobrinho. Passaram um mes aqui conosco e foi muito legal poder apresentar a casa, a cidade e a segurança de estar por aqui. Infelizmente eles foram embora e sentimos um pouco a questão da falta da família, mas sabemos que isso faz parte.

Aos pouquinhos nos acostumamos com tudo. Fomos deslizar na neve, compramos patins e estamos nos integrando a rotina do inverno. Fazemos atividades lá fora, mas sempre em curtos períodos de tempo kkkk ….

Alguns problemas familiares com meus cunhados nos deixaram preocupados por aqui, mas infelizmente não podemos fazer nada a distancia. Alias, acredito que nem estando lá daria para fazer alguma diferença efetiva. Mas isso acaba abalando um pouco por não podermos dar suporte para eles já que somos considerados os “responsáveis” da família kkkk …

Enfrentamos nosso primeiro verglas e não gostei kkkk. Ficou tudo congelado, o carro deslizando na vaga, muito frio. Mas foram 2 dias rápidos e a cidade tem um sistema de déneigement eficaz, então está tudo melhor. A neve é tranquila de conviver, mas o gelo, ha, esse é meio chato.

Bem, por hora é isso. Espero que logo tenhamos (existe essa palavra ?)  mais novidades, no momento deixo algumas fotinhas dessa aventura até agora.

No zoo de Granby !!!

No zoo de Granby !!!

Mon fils, ma mère, mon père et mon neveu.

Mon fils, ma mère, mon père et mon neveu.

Galhos no Parc Jarry congelados !

Galhos no Parc Jarry congelados !

Eu e a pequena após descer de sled.

Eu e a pequena após descer de sled.

Mont-Royal e os esquilos !!!

Mont-Royal e os esquilos !!!

A Neve Chegou !!!

Sim, hoje acordamos com um tapetinho branco pelas ruas … Aproveitamos o dia e saímos para brincar na neve, claro, como bons imigrantes e marinheiros de primeira viagem no inverno canadense.

A tarde a neve derreteu em quase todos os locais, mas agora a noite voltou a nevar, mas não muito forte.

Segue algumas fotinhas !!!

016

021 035

057058

Nada vem de mão beijada

Hoje li um post no:

http://www.likeanewhome.com/2014/09/7-anos-no-canada.html

Simplesmente podemos nos identificar com cada fase. Nos estamos na fase 2 – Nada vem de mão beijada.

Sim, sabíamos o que iríamos passar, não, nada como a vida real para mostrar que a gente não sabia … E a tática é enfrentar o que vem pela frente …

Posts como esses nós fazem sentir que estamos indo no caminho, afinal, outras já passaram as mesmas situações e sentimentos e conseguiram.

Se voce está vindo agora, tenha expectativa que na vida real, as coisas são diferentes do que planejamos. Será divertido, preocupante, feliz, depressivo, tudo ao mesmo tempo. O mais importante é manter o emocional no lugar, o resto se resolve com o tempo (mesmo parecendo que não se resolve) !

Primeira neve no Canada !!!

Aqui ainda é verão, mas vi um post no facebook de uma família de colegas que moram em Calgary. Segue a fotinha que eles enviaram:

primeira neve

Ainda não temos previsão de baixa de temperatura assim em Montréal. Aliás, aqui ainda faz calor de dia intercalado com dias mais frescos a noite. Mas vale a pena o alerta para nos prepararmos …

Que venha o outono antes !

3 meses de Canada

Hoje fazemos nosso aniversário de Canada ! Completamos 3 meses nessas novas terras.

De forma geral, estamos felizes e a maioria das coisas estão indo bem. Nosso filho começou a classe de accueil e para nossa surpresa está gostando muito ! Todos os dias ele disse que se divertiu.

Nossa filha na garderie está progredindo. A professora diz que ela já fala algumas palavras e interage bem com os amigos. Em casa, ela só canta as canções da garderie em frances e demonstra entender algumas frases cotidianas.

Na francisação tudo legal ! Passamos de nível e hoje voltamos as aulas. Estamos fazendo o curso em um centro da Comissão Escolar e escolhemos por não ir a francisação do MICC, já que tem uma fila de espera e o período de curso desfavorece nosso dia a dia.

Enquanto tudo tem funcionado bem, a questão financeira é a que mais me preocupa. Apesar de ter feito algumas entrevistas, vi que mesmo com a profissão em demanda, será praticamente impossível esperar para trabalhar na área. Estou diversificando os contatos de trabalho para coisas mais simples e mesmo assim acabamos tendo um certa dificuldade em obter respostas. 

O clima de verão continua. Alguns dias a temperatura cai um pouco, mais nada assustador. Continua quente.

Os auxílios do governo não chegaram. Não tivemos notícia além de um pedido adicional de documentos. Continuarei esperando.

Os orgãos de auxílio do governo realmente dão suporte, mais é só informação. A gente tem que correr atrás.

Por hora é isso, sem mais grandes novidades. Nos divertimos bastante, mas também me preocupo bastante com essas coisas de dinheiro.

A nossa mudança foi tranquila apesar de alguns probleminhas na casa que estão sendo resolvidos aos poucos pelo proprietario. Já estamos com internet e Tv a cabo, sempre aproveitando as promoções que aparecem.

Por hora é isso, dias atribulados e com poucas novidades, mas seguimos em frente !

Abraços a todos !