Novo emprego !!! A escalada …

Bem colegas de imigração, nunca mudei tanto de emprego em tão pouco tempo. É meio bizarro.

Meu primeiro emprego no Canada foi trabalhando em uma cidade mais distante, lavando equipamentos de uma indústria de frangos. Contratado pela fábrica, trabalho sindicalizado, quart de nuit (10h à 7h). Salário um pouco maior que o mínimo, transporte pela própria empresa (saindo da estação de metro). Consegui o trabalho por uma agencia. Fiquei um mes trabalhando lá, até conseguir meu segundo emprego.

Meu segundo emprego foi em uma fábrica de bebidas. Comecei trabalhando nas linhas de produção, colocando as garrafas da linha em caixas, ajudando a montar os pallets e abastecendo as linhas com garrafas. Trabalhei como terceirizado com uma promessa da agencia que apos 6 meses seria contratado (salário maior e benefícios). Descobri que na realidade, muita gente tinha mais de 6 meses e pouca expectativa de ser contratado. Aparentemente a chamada do salário maior apos 6 meses era para captar mais gente. Mas o trabalho era tranquilo, a noite (15h até 23h15). Salário um pouco maior que o minimo, ambiente mais tranquilo, mas que exigiu um pouco mais de resistencia e força física. Estava há 2 meses aqui.

Nessa sexta pedi demissão pois consegui encontrar meu terceiro trabalho. Finalmente em meu domínio, uma vaga mais simples em laboratório ! Um alivio poder retornar a um local que conheço e dominio. Salário maior, beneficios e um ambiente com vários equipamentos legais que tenho certeza que será divertido de trabalhar. Começo segunda e espero ficar nesse bastante tempo, ou quem sabe, até encontrar “o” emprego definitivo.

Curiosamente, fui muito saudado pelos colegas de trabalho por ter conseguido tal emprego. Não sei se ficaram felizes por eu ter saído e a disputa interna diminuido ou se realmente ficaram felizes com minha evolução profissional. Prefiro acreditar na segunda opção.

Algumas lições ficaram sobre as relações de trabalho, como as empresas funcionam (uma muito diferente da outra) e como tudo aqui pode ser extremamente organizado ao caos total. Esse trabalho novo não foi por agencia, mas diretamente com a empresa. Um passo claro de melhoria de perfil do meu CV, talvez, e principalmente reflexo da minha inscrição na Ordem dos Quimicos. Esse com certeza foi meu diferencial na disputa pela vaga (além da experiencia de 10 anos em laboratório, é claro).

Apesar de me sentir estranho por mudar tanto de trabalho (afinal, temos a cultura de trabalhar por anos no mesmo lugar – talvez coisa da minha geração), aqui os quebécos realmente me deram parabéns e acham isso tudo super normal (trocar de emprego a todo tempo). Alias, o turn-over das empresas é assustadoramente grande, nunca havia visto algo assim. Por semana, ao menos 2 pessoas novas começam o trabalho, enquanto outras tantas se demitem. Boa parte das pessoas que chegam são imigrantes.

No meu primeiro emprego 99% das pessoas eram imigrantes. No segundo, posso dizer que uns 70% são imigrantes. Nessa terceira, aparentemente quase todo mundo também é imigrante. Escutei alguns comentários negativos de quebécos sobre imigrantes roubando vagas de quem quer trabalhar e que a causa da baixa dos salários é que os imigrantes aceitam qualquer coisa. Mas ao mesmo tempo, os mesmos que escutei criticar esse sistema estavam impressionado pelo fato de eu ser tão qualificado e não conseguir emprego na minha área, chegando a mostrar estarem realmente abismados com a situação. Entendi que talvez eles critiquem muito os imigrantes não qualificados que chegam para qualquer coisa e distorcem o mercado de trabalho, mas não sou especialista nisso e não sei dizer o quanto disso é verdade ou não.

Bem, queria compartilhar a todos essa novidade e seguimos em frente, cada dia melhorando um pouco mais. Espero que eu possa ficar mais tempo agora nesse trabalho e sossegar um pouco, essas mudanças são de certa forma desagradáveis e acabei perdendo alguns bons colegas, mas sei que foi por um bom motivo 🙂

Estou mais aliviado e sei que o futuro nos reserva boas coisas !!!

Anúncios