1 Semana para a Entrevista

É isso pessoal. A hora está chegando.

Daqui a uma semana saberemos que destino nossas vidas irão tomar.

Independente do resultado, estamos felizes de termos chegado até aqui. Lutamos muito contra o tempo e todas as dificuldades do caminho. Sabemos que se conseguirmos, foi por nosso mérito e nosso suor.

Ainda fico na expectativa de ver os primeiros relatos de entrevista para poder me acalmar (ou desesperar).

Sei também que o francês vai ser o fator que “pega”. Estamos nos dedicando nesse período por todos os dias !

Aguardaremos a semana com ansiedade. A pastinha está pronta. Documentos e pesquisas feitas. Listinha de perguntas respondidas. Acho que não falta mais nada.

Boa sorte a todos nós !!!

Anúncios

Empresas de Consultoria de Imigração

Todos nós temos o tempo curto. Ainda mais tendo que aprender francês, trabalhar, cuidar dos filhos e ainda planejar o futuro.

As consultorias seriam uma mão na roda se realmente seu serviço fosse bom. Quando comecei o processo entrei em contato com algumas consultorias. Uma, famosa em Curitiba, insistiu que eu fosse fazer uma visita (mesmo após eu ter comentado 3 vezes que morava em São Paulo e não tinha tempo para “visitar”).

As consultorias no Canadá são extremamente caras. Muito mesmo.

E por fim, as consultorias não garantem nada em termos de vantagem na rapidez ou aceitação do processo.

Pensei que poderia usar esse dinheiro no próprio processo e economizar. Acho que eu estava certo.

Recentemente comecei a ler diversos relatos de falhas destas consultorias. No próprio fórum Brasil-Québec um post relatou que a consultoria havia perdido seus documentos. É o fim.

Hoje, encontrei em um blog muito simpático o relato da Pati sobre a experiência Interapoio. Para consultar o post original, visitem:

http://patitemps.blogspot.com.br/2012/07/interapoio-nossa-experiencia.html#comment-form

Aqui vai o relato dela. E acho que todos devem conhecer a verdade. Até porque nos comentários do post, outra moça reclama da mesma empresa e que tem o mesmo problema.

Interapoio – a nossa experiência

Faz tempo que as pessoas me perguntam por que eu não estava feliz com a assessoria da Interapoio, e eu acho que eu estou devendo de uma resposta…

 

Eu e meu marido decidimos imigrar em 2008, depois que eu voltei da minha primeira viagem ao Canadá, em muito influenciados pelo meu irmão e minha cunhada que imigraram naquele ano (obrigada, Dimi e Au!). Assim que decidimos pela imigração começamos a tomar todas as providências necessárias para entrar com o processo o mais rápido possível, inclusive adiantando em 6 meses o nosso casamento civil, que seria em dezembro de 2009, e foi adiantado para junho daquele ano. Contratamos o serviço dessa empresa ainda em julho de 2009, pensando que seria a melhor solução, já que somos médicos e, na época, achávamos que não tínhamos tempo para lidar com os formulários.

 

Passamos à empresa todas as nossas informações, e eles mesmo preencheram os formulários em agosto de 2009. Eles nos disseram que a primeira fase do processo (que na época era o período entre o envio dos formulários e o pedido dos documentos) demoraria cerca de 3 meses. Após 4 meses, preocupada pelo prazo que já havia expirado, entrei em contato com a empresa para perguntar se já deveríamos preparar a documentação que seria enviada a seguir. Qual não foi minha surpresa ao descobrir que os nossos formulários ainda não haviam sido enviados por falta de assinatura!!! Pagamos a empresa justamente porque não sabíamos direito como as coisas funcionavam, eles viram que faltava assinatura e nem sequer se deram ao trabalho de nos avisar!!!! Ficamos revoltados, mas no dia seguinte (01/12/2009) fomos pessoalmente à empresa para assinar o que faltava. Pedimos prioridade no envio, já que havíamos perdido muito tempo, o que aparentemente não aconteceu, já que meu processo só foi aberto pelo consulado quase 2 meses depois (27/01/2010)… isso porque no momento de vender o contrato, o Francisco nos garantiu que todas as nossas correspondências seriam levadas imediata e pessoalmente ao consulado, e que todas as correspondências do consulado seriam retiradas pessoalmente por algum representante da empresa…

 

Na época que aplicamos (agosto de 2009), a previsão do tempo de processamento era de apenas 8 meses, já que era o processo novo, que começou super veloz. E, de fato, as pessoas que realmente aplicaram naquela época, terminaram seus processos em tempos bem curtos. Com o atraso, nosso processo caiu no “limbo” dos processos antigos após a mudança de 2010, tanto que agora, em julho de 2012, 3 anos após a assinatura do contrato com a Interapoio, ainda esperamos a finalização do nosso processo…

 

Mesmo com essa mancada descomunal, a empresa continuou nos tratando com descaso. Sempre que ligávamos lá ouvíamos que o Francisco não estava. Quando mandávamos e-mail, a resposta demorava 7 a 10 dias para vir, e era sempre extremamente sucinta, do tipo “é demorado mesmo”, “nada a fazer agora” ou “precisa aguardar”. Nunca recebemos um e-mail decente do Francisco.

 

Além disso, as correspondências que deveriam ser retiradas pessoalmente no consulado, conforme promessas feitas na contratação, eram entregues via correio comum e endereçadas ao advogado da empresa, que fica em Ontario!!! Ou seja, o que deveria ser retirado imediatamente ou enviado pelo correio em pouco tempo para São Paulo, acabava indo até o Canadá para depois voltar, o que nos garantiu mais atrasos no processo (por exemplo, o pedido de atualização de documentos de julho de 2011 só recebemos 3 semanas após).

 

Pra finalizar, eu e meu marido decidimos tirar a Interapoio como nossa representante legal. Descobrimos qual a papelada que deveríamos preencher e levamos pessoalmente ao consulado, que no mesmo dia já fez a exclusão. Poucas semanas depois recebemos o pedido dos exames médicos e dos passaportes já no nosso endereço, o que nos proporcionou uma emoção impagável, não só pela emoção de receber o tão esperado envelope pardo na nossa casa, mas também pela confirmação de que agora não dependemos mais de empresa nenhuma, a gente mesmo pode cuidar da nossa imigração com o cuidado que só o próprio imigrante pode ter…

 

Ah, e detalhe: ou até hoje a Interapoio nem sabe que não é mais nossa representante, ou ignorou o fato. Porque faz muitos meses que não temos notícias deles…

 

Essa é minha história. Tenho certeza de que cada um tem uma opinião diferente sobre isso. Só posso dizer o que eu sei do meu caso, cada um tira as conclusões que quiser… não tenho nenhuma intenção de persuadir ninguém, só concordo com o que foi falado no último encontro de imigrantes em Sampa: se eu não conto a minha história, posso estar prejudicando alguém, que pode passar pelo mesmo problema. Se forem começar o processo sozinhos, preencham tudo com muito cuidado. Se forem contratar alguma assessoria, vcs têm que se fazer muito presentes para evitar problemas como o meu e, claro, não confiar cegamente em ninguém… porque ninguém quer ver seu processo finalizado com sucesso mais do que vc mesmo…