Finalmente o Débito !!!

É isso pessoal. Depois de alguns dias de tensão, finalmente o débito caiu.

Ontem, quando o envio completou 30 dias (aproximadamente 6 semanas, prazo do BIQ para respostas), enviei um email perguntando sobre a situação do meu dossiê. Perguntei se a documentação estava correta e se eram necessários documentos ou informações adicionais pois até o momento não tinha tido contato e nem percebido o débito no cartão.

O BIQ respondeu no final da tarde. Encaminharam a confirmação de recebimento dos documentos e a confirmação do débito. E passou o dossiê para a fase de “estudos”.

A rapidez me surpreendeu. Não sei se o processo já estava en train de ser analisado ou se o email fez com que eles dessem uma olhadinha por lá.

Na resposta recebi também o NUMÉRO DE RÉF. IND.. Acho que esse é o número do meu processo.

Bom, agora é só aguardar.

Lições que tiramos:

1- Não é necessário enviar o TCF-Q para abertura do processo (diferente do que a Perla disse nas palestras);

2 – O processo de abertura pode demorar mais de 30 dias (principalmente quando ocorrem feriados nacionais no México);

3 – Toda a conversa (via email) com o BIQ deve ser feita preferencialmente em francês (dãhh). Parece bobo, mas a resposta é rápida.

 

Anúncios

Ainda na expectativa do Débito

Até agora nenhuma novidade. Só mais tensão.

O pessoal que teve o dossiê recebido no México até o dia 16/10 já tiveram o débito feito.

Nosso dossiê foi recebido no dia 19/10. Teoricamente, seguindo a média dos mês de outubro, nosso dossiê deve ter o débito feito hoje.

Mas nem tudo são flores. Não enviamos o resultados do TCF-Q agora. E esse é o maior ponto de tensão. Juntamos cerca de 61 pontos sem os testes de língua e eu sou de área prioritária. Mas segundo as palestras da Perla, quem não enviar o TCF-Q junto do dossiê não terá seu processo aberto.

Será que é verdade ? Ou isso tem intenção que os novos processos já cheguem com os testes para tentar melhorar a velocidade de avaliação dos dossiês ?

Por enquanto nossa dúvida é essa. Sabemos que temos o perfil desejado, mas ainda somos iniciantes em francês. Segundo nosso planejamento, queríamos ganhar tempo enviando o dossiê agora e enviar após março/2013 os resultados dos testes de língua, garantindo um nível maior, a chance de receber o CSQ em casa no futuro e fugindo do risco de mudanças no processo a partir de 2013.

Ficamos na expectativa. E vai valer a aprendizagem para os futuros pretendentes a imigração.