As 3 primeiras entrevistas: ou +- isso …

Seguindo a grande descoberta da vida de imigrante, finalmente conseguimos alguma luz para termos esperança de conseguir um emprego logo após nossos primeiros 43 dias.

Algumas coisas já são conhecidas, principalmente a ordem que os CV’s são avaliados. Segundo meu conselheiro, o esquema é assim:

1- Indicação de alguém da própria empresa ou conhecidos;

2- Pessoas que ligam por telefone e enviam o currículo;

3- Pessoas que enviam CV pela internet.

No meu caso, a primeira oportunidade de trabalho não foi em nenhum destes casos. Uma empresa pegou meu CV no Jobboom e entrou em contato para eu fazer uma entrevista no dia seguinte. Infelizmente neste caso acabei declinando a vaga. Um trabalho sem salário fixo, somente por comissão e sem garantias sociais. Dei uma pesquisada e muitos dizem que é uma empresa que explora os imigrantes (no sentido de não dar garantias trabalhistas) mas pelo menos pode ser uma renda para os primeiros meses, além de ser a primeira experiencia canadense.

A segunda vaga, ainda em curso consegui através de envio de CV direto para o site da empresa. O processo de recrutamento é feito em 4 etapas, as 2 primeiras online. Passei pela primeira etapa que consistia em alguns questionários sobre perfil de trabalho e motivação e me enviaram alguns testes para fazer no próprio computador. Esses sim, bem mais complexos. Já enviei os tudo preenchido e aguardo uma resposta (enviei ontem, veremos no que dá). Se passar, a próxima etapa é uma entrevista com o RH.

A terceira vaga surgiu de maneira curiosa. Enviei um CV para uma empresa de Recursos Humanos que terceiriza trabalhos para uma posição simples de trabalho, mais para começar a trabalhar mesmo. Me ligaram ontem para eu fazer a entrevista hoje. Só que enquanto eu navegava na página da empresa, vi uma vaga com meu perfil bem melhor na área que eu queria. Como aqui, “quem tem boca vai a Roma”, quando cheguei na entrevista já falei logo de cara que havia visto a outra vaga e que era meu perfil. A entrevistadora olhou o currículo e me passou para um outro entrevistador que cuida dessas vagas mais avançadas. Ele gostou bastante do currículo e disse que vai encaminhar para a empresa, mas que o processo deve demorar entre 1 mes a 1,5 meses. A experiencia de trabalho fez mais diferença que o proprio currículo, apesar que a formação universitária deu um “up” no meu perfil. Neste meio tempo, eu ainda poderia trabalhar temporiamente em algum survival job para eles, mas concluímos que vale a pena continuar na francisação e melhorar o frances (mesmo ele tendo dito que o meu frances é suficiente para essa vaga).

Então nessa semana as coisas deram uma iluminada, finalmente. Já havia enviado tantos currículos e não tinha qualquer resposta. Agora valeu o incentivo de continuar procurando na minha área posições que não sejam gerenciais, como eu tinha no Brasil, mas posições que não precisam “resetar” a zero a carreira e nem aceitar salário mínimo. Tenho capacidade de competir pelas vagas melhores.

Pontos importantes que 2 entrevistadores perguntaram:

1 – Se eu tinha a equivalencia dos diplomas. Achei que não precisava, mas pelo jeito eles dão muito valor. Um colega da francisação falou para minha esposa que toda a família tinha tirado e que é muito importante ter. Vou tentar providenciar.

2 – Qual a estação de metro mais próxima da minha casa. Na realidade, nas 3 oportunidades de trabalho isso foi questionado. Parece ser mesmo um aspecto muito importante para eles (e é claro que também é para nós pois a viagem ao trabalho afeta muito na nossa qualidade de vida).

Então, se voce vem para Montreal e quiser trabalhar logo, considere nas pesquisas de imóveis ficar próximo as estações ou ao menos em um local com acesso ao transporte público de maneira facilitada, acho que isso faz diferença na hora de procurar um emprego (mais do que eu imaginava).

E quem vem para Quebéc, considere fazer uma equivalencia do seu diploma, pois uma hora ou outra alguém vai acabar questionando isso.

Boa sorte a todos no processo de imigração e para todos que estão por aqui ! Continuem batalhando firmes !!!

Anúncios